AgroRound: Raízen, Perfect Flight, John Deere e outras notícias do campo

Confira lançamentos e novidades que movimentaram o agronegócio na última semana

Reuters
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


A Raízen, produtora de açúcar e etanol, assinou hoje (23) um acordo com a SOS Mata Atlântica, ONG (organização não-governamental) ambiental brasileira. A companhia passa a integrar o “Florestas do Futuro”, programa que reúne sociedade civil e iniciativa privada na restauração florestal da Mata Atlântica.

O primeiro projeto conjunto da empresa com a ONG será iniciado em uma área de preservação de 12 hectares em um dos produtores parceiros da Raízen em Piracicaba (SP).

Leia mais: Inverno na pecuária: saiba como os pecuaristas estão usando cereais na dieta dos animais

Em atividade desde 2004, o “Florestas do Futuro” estima já ter plantado 40 milhões de mudas, restaurado 23 mil hectares e tirado 6,5 milhões de toneladas de CO2 (dióxido de carbono da atmosfera).

Perfect Flight atinge 25 milhões de hectares

A Perfect Flight, agtech de São João da Boa Vista (SP), divulgou na última terça (17) que alcançou a marca de 25 milhões de hectares digitalizados e monitorados em sua  plataforma de gestão e rastreabilidade de pulverização aérea. O dado representa um crescimento de 15 milhões de hectares desde janeiro de 2021.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“Estamos na era da agricultura de decisão, e não mais de precisão. A alta dos custos mostra que precisamos mensurar melhor todas as operações”, diz Paulo Villela, gerente de desenvolvimento de negócios da empresa, sobre o crescimento da plataforma no último ano. Através da análise de dados, o software da agtech promete auxiliar os produtores a reduzirem o desperdício de insumos e atingirem maior efetividade no combate às pragas.

John Deere lança primeira plantadeira florestal

A John Deere, multinacional de máquinas agrícolas, anunciou hoje (23) o lançamento de sua primeira plantadeira florestal durante o Show Florestal 2022,  feira da indústria do eucalipto que será realizada entre os dias 24 e 26 de maio em Três Lagoas (MS).

A Nilgiri 1.0 será apresentada em forma de protótipo inédito no evento, mas já possui tecnologias como piloto automático e sistemas para plantio georreferenciado, uso eficiente de água e planejamento remoto das operações.

IFood vai arrecadar US$ 20 milhões para embalagens sustentáveis

O iFood, foodtech brasileira com presença na Argentina, México e Colômbia, fechou uma parceria com a Xprize, organização sem fins lucrativos dos EUA, para arrecadar US$ 20 milhões (cerca de R$ 96,08 milhões) e realizar uma competição que estimulará pesquisa para com foco no desenvolvimento novas embalagens circulares para alimentos.

O concurso disponibilizará um prêmio total de US$ 10 milhões para três propostas que estudem materiais biodegradáveis, flexíveis e de base biológica, como sacolas plásticas e filmes PVC (policloreto de vinila). O valor restante será concedido para apoiar soluções de dimensionamento aos participantes que cumpriram metas ao longo da competição.

“Precisamos estimular as empresas a investir no desafio, além de incentivar que universidades e startups brasileiras se inscrevam na competição, para o Brasil fazer parte da liderança no desenvolvimento de projetos de pesquisa que irão ajudar a reduzir o uso de plástico”, explica Fabrício Bloisi, CEO do iFood e membro do conselho de inovação da Xprize.

Puro Sangue Lusitano elege grande campeã

A égua Lidadora do Vouga

Realizada na Sociedade Hípica Paulista, em São Paulo (SP), a 40ª Exposição Internacional do Cavalo Puro Sangue Lusitano elegeu a égua Lidadora do Vouga como a “Campeã dos Campeões”, o título mais cobiçado no evento.

A égua, proveniente da seleção da Coudelaria Rocas do Vouga, localizada em Itú (SP), também saiu vitoriosa nas categorias “Grande Campeã Fêmea Adulta” e “Grande Campeã Fêmea”.

O juiz  português Tiago João da Silva Gomes, responsável pela condução dos julgamentos da exposição, afirma que o evento com

Dexco firma parceria com AgTech Garage

A Dexco, produtora de MDF (madeira de fibra de média) e dona de marcas como Deca, Duratex e Hydra, fechou uma parceria com o AgTech Garage, hub de inovação especializado no agronegócio em Piracicaba (SP). Com o título de “ecosystem partner”, a empresa deve se aproximar de startups que apresentem soluções inovadoras para colaborar com o desenvolvimento do segmento florestal da empresa.

“Queremos ampliar as possibilidades de negócios da base florestal, prezando pela sustentabilidade e agregando valor ao negócio”, explica Raul Guaragna, vice-presidente do negócio de madeira da empresa. “Essa iniciativa é também mais um passo em direção a aceleração dos processos da jornada floresta 4.0.”

Além desta iniciativa, em março deste ano, a empresa também lançou a primeira edição do “Open Dexco”, seu novo programa de inovação aberta que visa potencializar a conexão com startups do mercado. O programa foi desenhado a partir da seleção de dez desafios que buscam otimizar e renovar os processos operacionais e de negócios já existentes na companhia, nas frentes de revestimentos, metais e louças. A parceria com a AgTech Garage é a primeira para endereçar os desafios da frente florestal.

Tereos testa veículos abastecidos com biometano

A Tereos, uma das líderes mundiais na produção de açúcar, está testando o uso de veículos 100% movidos a biometano em sua produção. A empresa está realizando parcerias com empresas com Scania e Case para testar caminhões e tratores movidos a combustível limpo. 

“A biodigestão é uma oportunidade para a Tereos. Iniciamos a operação através de uma planta piloto na produção de biogás e o objetivo é absorvermos amplamente a tecnologia nos próximos dois anos para atingirmos uma curva de maturação até 2024 e cumprirmos os objetivos propostos”, afirma  Renato Zanetti, superintendente de sustentabilidade da empresa. 

O projeto é financiado por meio de transação verde realizada pela instituição francesa Proparco, realizada em março de 2021, que contempla um montante de US$ 30 milhões para investimentos em projetos relacionados à produção de biometano, entre outras iniciativas sustentáveis.

Energia solar atinge 1 milhão de sistemas instalados no Brasil

Amanda Perobelli/Reuters

Segundo mapeamento da Absolar (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica), o Brasil atingiu a marca de 1 milhão de sistemas instalados em telhados, fachadas e pequenos terrenos. 

Totalizando cerca de 10,6 gigawatts de potência instalada, as instalações se encontram em áreas rurais, comércios, indústrias e até residências. Ainda de acordo com a entidade, desde 2012, foram cerca de R$ 57,4 bilhões em investimentos privados no setor, que geraram mais de 320 mil empregos acumulados no período.

“A energia solar terá função cada vez mais estratégica para o atingimento das metas de desenvolvimento econômico e ambiental do País”, aponta Rodrigo Sauaia, CEO da Absolar.

BID Invest faz aporte de US$ 22 milhões em foodtech

O BID Invest, do Grupo Bid (Banco Interamericano de Desenvolvimento), e a empresa de capital sustentável Blue Like an Orange concederão um aporte de US$ 22 milhões (R$ 105,7 milhões) à Merqueo, companhia colombiana de distribuição integrada de alimentos

Os recursos serão utilizados para a expansão da empresa no Brasil e o aperfeiçoamento de sua plataforma de tecnologia. O banco estima que a iniciativa também impulsionará a criação de empregos — a Merqueo possui a meta de contratar cerca de 2.000 trabalhadores até 2025. Diferente de empresas como Ifood e Rappi que entregam compras de grandes empresas de varejo, a empresa tem 80% de seus fornecedores formados por micro, pequenas e médias empresas

provou a qualidade da seleção brasileira da raça lusitana. “Não é fácil encontrar concursos com este nível de animais, por isso estão de parabéns a criação brasileira e a organização do evento.”

Grupo Boticário investirá até R$ 3,6 milhões em áreas naturais

A iniciativa “Teia de Soluções”, criada pela Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, destinará até R$ 3,6 milhões para a execução de projetos que fortaleçam áreas naturais protegidas por meio de propostas inovadoras, replicáveis e economicamente viáveis. As soluções devem atender a um dos dois desafios: contribuir para a sustentabilidade financeira e a proteção da biodiversidade por meio do turismo de natureza; ou desenvolver estratégias de conservação que promovam a segurança hídrica. 

“O turismo em áreas naturais é uma atividade catalisadora de desenvolvimento econômico aliada à conservação da natureza”, afirma Marion Silva, gerente de ciência e conservação da fundação. “Além disso, áreas naturais conservadas são fundamentais para a segurança hídrica. Elas têm a capacidade de atuarem como filtros de sedimentos e resíduos, garantindo maior qualidade e regularidade na oferta de água.”

A ação do grupo é feita em parceria com Fapesb (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia), Fapeg (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás) e com o governo do Paraná. As inscrições para a iniciativa edição seguem até 2 de junho.

Produtiva Sementes investe R$ 40 milhões em armazenamento de sementes

Agência Brasil

A Produtiva Sementes, produtora agrícola de Formosa (GO), anunciou hoje (23) que está investindo R$ 40 milhões em estrutura de armazenamento para sementes em câmaras frias. 

Uma parte do investimento será voltada para a construção de uma nova UBS em Formosa, que trará uma capacidade de 250 mil sacas este ano e mais 250 mil sacas em 2023, totalizando 1.62 milhão de sacas de sementes. O valor também envolve melhorias nas três câmaras frias já em atividade nos estados de Minas Gerais, Bahia e Tocantins, atualmente com capacidade de armazenagem de 1.120.000 sacas de 200 mil sementes de soja.

Komatsu fecha contrato com Suzano

A Komatsu, fabricante de equipamentos para os mercados de florestal, mineração e outros, fechou um contrato com a produtora de celulose Suzano para o fornecimento de equipamentos florestais, que trabalharão do plantio à colheita nas operações florestais da nova fábrica que a está construindo no município de Ribas do Rio Pardo (MS).

As primeiras máquinas serão entregues ainda em 2022 para apoiar na formação de mão de obra e iniciar algumas atividades que precisam ocorrer antes do início da operação da fábrica, prevista para o segundo semestre de 2024.

Compartilhe esta publicação: