BP Bunge Bioenergia busca aprimorar projeções em açúcar e etanol com solução da IBM

A BP Bunge está utilizando o IBM Environmental Intelligence Suite em um único local com o objetivo de estimar tendências de produtividade.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Getty Images
Getty Images

Fábrica de Etanol.

Acessibilidade


A BP Bunge Bioenergia, joint venture das operações de açúcar e etanol da BP e da Bunge no Brasil, fechou acordo com a Build IT Solutions, uma parceira de negócios da IBM no Brasil, para aprimorar suas estimativas de inteligência de mercado em relação à produção global de açúcar e etanol.

A BP Bunge está utilizando o IBM Environmental Intelligence Suite (EIS), uma solução para analisar e acessar dados climáticos em um único local com o objetivo de estimar tendências de produtividade e melhorar a precisão da modelagem de safras de cana-de-açúcar para o departamento comercial da organização.

A ferramenta fornece atualizações constantes de clima, precipitação, temperaturas mínimas e máximas, quantidade de água no solo, NDVI (Normalized Difference Vegetation Index), entre outros indicadores.

“Existem diversas variáveis e indicadores que precisamos monitorar diariamente para chegarmos a estimativas confiáveis e, ao integrar todos esses dados em uma única plataforma, podemos monitorar os impactos de diferentes indicadores meteorológicos de forma automatizada e com muito mais agilidade”, disse o gerente de Inteligência de Mercado da BP Bunge Bioenergia, Kleber Andrioli, em nota.

São cerca de 800 camadas de dados decodificados e estruturados pela IBM e disponibilizados para acesso em qualquer lugar do mundo, afirmou a empresa.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Essas informações possibilitam à organização obter uma visão mais ampla das variáveis que podem impactar o mercado, acrescentou.

Compartilhe esta publicação: