Índia pode vender mais de 1,5 milhão de toneladas de trigo

Países precisam do alimento básico para superar a escassez desencadeada pela invasão da Ucrânia

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Vincent Mundy/Reuters
Vincent Mundy/Reuters

A Índia pode fornecer trigo para países afetados pela invasão da Ucrânia

Acessibilidade


A Índia recebeu pedidos de fornecimento de mais de 1,5 milhão de toneladas de trigo de vários países que precisam do alimento básico para superar a escassez desencadeada pela invasão da Ucrânia pela Rússia, disseram fontes do comércio e do governo hoje (30).

“Mais de meia dúzia de países se aproximaram da Índia por mais de 1,5 milhão de toneladas de trigo e veremos como atender a esses pedidos”, disse um funcionário do governo que não quis ser identificado.

Leia mais: AgroRound: Minerva, Case IH e outras notícias do campo

“A Índia está interessada em ajudar os países vulneráveis e qualquer um que precise de trigo”, disse um funcionário envolvido na tomada de decisões.

A maior parte do pedido veio de Bangladesh, um comprador frequente de trigo indiano, disseram as fontes. A Índia, que proibiu as exportações privadas de trigo, está aberta a pedidos específicos de grãos de governos estrangeiros.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Para Bangladesh, o trigo indiano é pelo menos 30% mais barato do que suprimentos de outras origens, e leva apenas cerca de uma semana para as cargas indianas chegarem lá, disse o chefe da unidade indiana de uma empresa global de comércio. Ele não quis ser identificado, pois não está autorizado a falar com a mídia.

Bangladesh importou um recorde de 4 milhões de toneladas de trigo da Índia no ano fiscal até março de 2022, contra 1,2 milhão de toneladas compradas um ano antes.

Compartilhe esta publicação: