Safra de laranja 2022/23 da principal área do Brasil deve crescer 20,5%

A estimativa ficou bem próxima da média das safras dos últimos anos, disse o gerente geral do instituto de pesquisa Fundecitrus

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Grace Cary/Getty Images
Grace Cary/Getty Images

O Brasil é o maior exportador global de suco de laranja

Acessibilidade


A safra de laranja 2022/23 da principal área citrícola do Brasil, situada em São Paulo e Minas Gerais, foi estimada em 316,9 milhões de caixas de 40,8 kg, de acordo com levantamento divulgado pelo instituto de pesquisa Fundecitrus hoje (26).

A produção deverá crescer 20,5% na comparação com o ciclo anterior, disse o Fundecitrus em sua primeira estimativa para a nova safra da região, que responde pela exportação do Brasil, maior exportador global de suco de laranja.

A estimativa ficou bem próxima da média das safras dos últimos anos, disse o gerente geral do Fundecitrus, Juliano Ayres.

Mas ele lembrou que safras acima de 350 milhões de caixas parecem “coisa do passado”, uma vez que o clima tem sido um desafio adicional para o setor.

“Está dentro da média histórica, mas vínhamos de uma safra pequena, então era de se esperar uma safra até maior, mas como viemos de seca e geadas, as reservas da safra estavam aquém da normalidade”, explicou.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Ayres lembrou que em 2021 houve uma alta taxa de queda de frutos, em função da seca, geadas e problemas fitossanitários, o que resultou também em frutas “extremamente pequenas”.

Para a nova safra, as chuvas se iniciaram em outubro e tiveram boa distribuição até maio, e as temperatura estiveram mais amenas e sem períodos longos de veranico, acrescentou ele, durante apresentação.

Com isso, disse, a safra está se desenvolvendo “perto de normalidade, embora a precipitação ainda esteja abaixo da média histórica”.

>> Inscreva-se ou indique alguém para a seleção Under 30 de 2022

Compartilhe esta publicação: