Soja atinge mínima de uma semana em Chicago

Um segundo dia consecutivo de perdas nas ações e nervosismo sobre a economia dos EUA ajudou a derrubar os futuros de soja

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Getty Images
Getty Images

Os preços da soja haviam se aproximado de um recorde na semana passada

Acessibilidade


Os contratos futuros de soja dos EUA atingiram mínima de uma semana hoje (14) e os grãos caíram na bolsa de Chicago em meio à pressão dos mercados financeiros fracos e preocupações com a inflação norte-americana, disseram analistas.

Um segundo dia consecutivo de perdas nas ações e nervosismo sobre a economia dos EUA ajudou a derrubar os futuros de soja, depois que os preços da oleaginosa se aproximaram de um recorde na semana passada.

O S&P 500 não conseguiu se recuperar da forte liquidação de segunda-feira, com uma importante declaração de política monetária do Federal Reserve no plano de fundo.

Os futuros de soja mais ativos caíram 9 centavos, fechando em US$ 16,98 (R$ 86,93) o bushel na bolsa de Chicago. O trigo caiu 20,75 centavos para US$ 10,50 (R$ 53,75) por bushel, enquanto o milho baixou 1 centavo para US$ 7,68 (R$ 39,31) por bushel.

Os futuros de trigo sentiram pressão adicional das vendas sazonais na época da colheita, disseram analistas, já que o calor nas planícies dos EUA está acelerando a maturação da safra de trigo de inverno.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: