Cargill e Continental Grain fecham acordo nos EUA para comprar a Sanderson

O acordo levantou preocupações no Capitólio norte-americano, onde os legisladores pediram que o Departamento de Justiça analisasse o negócio com atenção

Reuters
Compartilhe esta publicação:

Denis Balibouse/Reuters

Acessibilidade


A Cargill e a Continental Grain disseram hoje (22) que fecharam acordo para comprar a Sanderson Farms, o terceiro maior produtor de frango, em um negócio de cerca de US$ 4,53 bilhões.

Sob o acordo, que foi anunciado em agosto passado, a Sanderson está sendo combinada com a Wayne Farms, subsidiária da Continental Grain. A Sanderson deixará de ser negociada na sexta-feira.

Quaisquer questões pendentes com o Departamento de Justiça foram resolvidas antes do fechamento, de acordo com uma pessoa familiarizada com o assunto.

O acordo levantou preocupações no Capitólio norte-americano, onde os legisladores pediram que o Departamento de Justiça analisasse o negócio com atenção por causa do medo de aumento de preços.

O Departamento de Justiça, que estava investigando o acordo por questões antitruste, recusou-se a comentar.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Asas e peitos de frango subiram 38% e 24% desde fevereiro no comparativo anual, respectivamente, de acordo com pesquisa da Wells Fargo.

O governo Biden, preocupado com os aumentos de preços em geral e especialmente no setor de carnes, anunciou em janeiro que gastaria US$ 1 bilhão e emitiria novas regras como forma de lidar com a falta de “competição significativa” no processamento de carnes.

Compartilhe esta publicação: