Moagem de cana e produção de açúcar superam expectativas no mês de julho

A moagem de cana na principal região produtora do país somou 46,34 milhões de toneladas na primeira parte de julho, segundo a Unica

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Nacho Doce/Reuters
Nacho Doce/Reuters

Colhedora de cana em Piracicaba

Acessibilidade


A produção de açúcar do centro-sul do Brasil somou 2,98 milhões de toneladas na primeira quinzena de julho, ligeira queda de 0,12% ante o mesmo período da temporada passada, informou a União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica) hoje (27).

Mas, com uma moagem acima das previsões, a produção ficou acima da expectativa de uma pesquisa da S&P Global Commodity Insights, que apontava 2,84 milhões de toneladas para o período.

A moagem de cana na principal região produtora do país somou 46,34 milhões de toneladas na primeira parte de julho, segundo a Unica, alta de 0,48% ante igual período de 2021.

A sondagem da S&P havia projetado média de 44,8 milhões de toneladas.

Em nota, o diretor técnico da Unica, Antonio de Padua Rodrigues, lembrou que, “após seis quinzenas de moagem inferior à observada na safra passada, na primeira quinzena de julho observa-se uma equiparação da quantidade de cana processada”.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“No entanto, o indicador acumulado da produtividade agrícola ainda mostra uma retração de cerca de 1%”, ponderou ele.

“Assumindo que essa diferença diminua nas próximas quinzenas, para que haja plena recuperação da moagem e, ainda, um incremento em relação ao ciclo agrícola anterior, será necessário um alongamento do período de safra por parte das unidades produtoras”, disse Padua em nota.

Compartilhe esta publicação: