Açúcar bruto fica quase estável na ICE após mínima de um ano

O café arábica de setembro caiu 4 centavos, ou 1,8%

Reuters
Compartilhe esta publicação:
REUTERS/Chalinee Thirasupa
REUTERS/Chalinee Thirasupa

Plantação de cana-de-açúcar.

Acessibilidade


Os contratos futuros de açúcar bruto negociados na ICE se estabilizaram hoje (2), com o mercado se recuperando no meio da sessão, depois de atingir uma nova mínima de um ano em negociações voláteis.

O açúcar bruto de outubro fechou em alta de 0,06 centavos, ou 0,3%, para 17,60 centavos de dólar por libra-peso, após atingir uma nova mínima de um ano de 17,20 centavos de dólar por libra-peso. O contrato perdeu 6,9% em julho.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Os especuladores passaram de uma posição líquida comprada para uma posição líquida vendida em açúcar bruto na semana até 26 de julho, vendendo 68.538 contratos para construir uma posição líquida vendida de 43.551 lotes.

O açúcar branco de outubro caiu US$ 3,30, ou 0,6%, para US$ 523,90 a tonelada. O contrato perdeu 5,28% em julho.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Café

O café arábica de setembro caiu 4 centavos, ou 1,8%, a US$ 2,132 por libra-peso. O contrato perdeu 7% em julho.

Os especuladores aumentaram sua posição comprada líquida em café arábica em 1.169 contratos para 14.693 lotes na semana até 26 de julho.

O arábica foi apoiada por quedas nos estoques certificados pela ICE – que estão no nível mais baixo em mais de 20 anos – e preocupa a safra deste ano no maior produtor, o Brasil, que é um pouco menor do que o inicialmente esperado.

O café robusta de setembro subiu de US$ 1,00 para US$ 2,031 a tonelada.

>> Inscreva-se ou indique alguém para a seleção Under 30 de 2022

Compartilhe esta publicação: