Exportações globais de café crescem 1,3% em junho, diz OIC

Embarques atingiram 11,11 milhões de sacas de 60 kg no mês

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Jose Roberto Gomes/Reuters
Jose Roberto Gomes/Reuters

Exportações de café verde atingiram 11,11 milhões de sacas de 60 kg no mês

Acessibilidade


As exportações globais de café verde atingiram 11,11 milhões de sacas de 60 kg em junho, 1,3% a mais que o volume registrado no mesmo período do ano anterior, informou a OIC (Organização Internacional do Café) em relatório mensal divulgado hoje (5).

As exportações do café arábica, o tipo suave preferido por redes de cafeterias como a Starbucks, aumentaram 1,4%, para 7,07 milhões de sacas, principalmente devido aos maiores embarques dos dois principais produtores da variedade: Brasil e Colômbia.

Leia mais: Missão Europa e a diplomacia para uma justiça climática

Os embarques de café robusta, que é usado para fazer café instantâneo ou em “blends”, subiram 1%, para 4,03 milhões de sacas, disse a OIC.

A organização acrescentou que manteve sua projeção para o consumo global de café de crescimento 3,3% em 2021/22 (out-set) para 170,3 milhões de sacas.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Alguns traders e analistas levantaram preocupações recentemente sobre a demanda por café devido à alta no custo de vida e à perspectiva de uma recessão global.

O relatório, no entanto, mostra que o fluxo de café para os países consumidores ainda é firme.

A OIC também manteve inalterada sua estimativa de déficit de 3,1 milhões de sacas na balança de abastecimento global em 2021/22, com uma produção total de 167,17 milhões de sacas.

Compartilhe esta publicação: