Auster Nutrição Animal fatura R$ 407 milhões em 2022

Empresa atua nas áreas de suínos, aves e gado leiteiro

A Auster Nutrição Animal, indústria especializada no desenvolvimento, pesquisa, produção e distribuição de insumos para a nutrição de aves, suínos e bovinos de leite, faturou R$ 407 milhões em 2022. O resultado é 9,7% superior ao do ano anterior (R$ 371 milhões), puxado pelo último quadrimestre. Para 2023, a expectativa é atingir R$ 440 milhões em faturamento.

Acessibilidade

“Estou otimista”, diz Paulo Portilho, CEO da Auster. O período compreendido entre setembro do ano passado e janeiro de 2023 foi o melhor da história.

Portilho afirma que, mais do que o salto de receita obtido “em um ano extremamente difícil”, não se pode perder de vista a rentabilidade da empresa e clientes.  Desafio vencido, o foco para 2023 é intensificar a capacitação e o treinamento da equipe técnica, manter o investimento em pesquisa e desenvolvimento e finalizar os investimentos de uma fábrica, em Hortolândia (SP).

“Em 2022, enfrentamos falta de componentes e não conseguimos concluir todos nossos planos de investimento. Com a regularização do fluxo, vamos trabalhar em prol da eficiência industrial da unidade, que já recebeu investimentos de mais de R$ 30 milhões, dobrou nossa capacidade de fabricação e de armazenamento, preparando a empresa para os próximos cinco ou dez anos”.

Avicultura e suinocultura representam, juntas, mais de 90% dos negócios da Auster Nutrição Animal. No total, foram cerca de 12 milhões de toneladas de ração para aves e suínos. A pecuária leiteira também recebeu investimentos nos últimos anos. “Atuamos em atividades nas quais a nutrição efetivamente contribui para o sucesso do resultado final”, diz ele. Tanto em frangos quanto em ovos, carne suína e leite, o acréscimo de produtividade é um fator imprescindível, especialmente em tempos difíceis, com altos custos dos grãos e instabilidade no fornecimento de microingredientes.”