BRF vê queda nos preços da ração animal reforçando margens

Executivos disseram que os preços das rações cairão à medida que o Brasil estiver colhendo grandes safras de soja e milho em 2023

Reuters
Compartilhe esta publicação:

Rodolfo Buhrer/ReutersUma queda esperada nos preços da ração animal ajudará a BRF a aumentar as margens em todos os segmentos de negócios, embora a empresa tenha continuado a se recuperar da queda nos preços da carne nos mercados de exportação no primeiro trimestre.

Acessibilidade


Em teleconferência nesta quarta-feira (1) para discutir os resultados trimestrais, os executivos da BRF disseram que os preços das rações cairão à medida que o Brasil estiver colhendo grandes safras de soja e milho em 2023. A BRF também observou que uma revisão operacional também aumentará as margens nos próximos trimestres.

Compartilhe esta publicação: