Sicredi prevê elevar em 16% os financiamentos no Plano Safra 2023/24

O Sicredi projeta conceder R$ 24,3 bilhões por meio de Cédulas de Produtor Rural (CPR), aumento de 35% ante o ano-safra anterior

Adrian825/Guettyimages

Acessibilidade

O Sicredi, importante instituição financeira cooperativa do agronegócio brasileiro, disponibilizará mais de R$ 60 bilhões em financiamentos aos produtores rurais dentro do Plano Safra 2023/2024, montante que representa aumento de 16% em relação ao concedido no ano-safra anterior.

Com mais de 6,5 milhões de associados e presença em todos os Estados brasileiros, a segunda maior instituição financeira do Brasil em carteira do agronegócio prevê liberar R$ 23,2 bilhões para operações de custeio, R$ 11,1 bilhões para investimentos e R$ 1,4 bilhão para comercialização e industrialização, segundo nota divulgada nesta quinta-feira (29).

Além desses valores, o Sicredi projeta conceder R$ 24,3 bilhões por meio de Cédulas de Produtor Rural (CPR), aumento de 35% ante o ano-safra anterior.

A carteira agro do Sicredi atualmente ultrapassa os R$ 70 bilhões em saldo.


Conteúdo publicitário