Apresentado por

Soja sobe com negociações técnicas antes de relatórios do governo

O Departamento de Agricultura dos EUA informou as exportações de soja contabilizaram 1,42 milhão de tonelada na última semana

Navio para transporte de Soja - Foto: Sandsun Guetty
Foto: Sandsun Getty

O volume de soja exportado está muito acima das expectativas comerciais, mas abaixo do volume no mesmo período do ano passado

Acessibilidade

Os futuros da soja na bolsa de Chicago subiram nesta segunda-feira (5) devido a negociações técnicas antes de uma série de relatórios importantes de safra do governo e após o contrato mais ativo atingir o preço mais baixo desde dezembro de 2020, disseram operadores.

  • Siga o canal da Forbes e de Forbes Money no WhatsApp e receba as principais notícias sobre negócios, carreira, tecnologia e estilo de vida

Os futuros da soja também tiveram um impulso depois que o Departamento de Agricultura dos EUA informou nesta segunda-feira (5) que as inspeções de exportação de soja dos EUA contabilizaram 1,42 milhão de tonelada na última semana, muito acima das expectativas comerciais – mas abaixo do volume no mesmo período do ano passado, disseram operadores.

Os futuros do milho encerraram o dia inalterados

E os futuros do trigo caíram pela segunda sessão consecutiva, pressionados por um dólar mais forte, que tende a tornar os grãos dos EUA menos atrativos no mercado mundial, e pela forte concorrência dos fornecedores globais de trigo, especialmente da Rússia.

O contrato de soja mais ativo na bolsa de Chicago encerrou o dia em alta de 7,75 centavos, a US$ 11,9625 por bushel. O trigo caiu 9,25 centavos, fechando a US$ 5,9025 por bushel, enquanto o milho encerrou o dia inalterado a US$ 4,4275 por bushel.


Conteúdo publicitário