Apresentado por       

Unica vê mais usinas operando na 1ª quinzena de março no centro-sul do Brasil

Na segunda metade de março, 39 unidades deram início à safra 2023/24, de acordo com a associação

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Getty Images
Getty Images

Expectativa é que safra seja menor do que a última temporada, que foi recorde 

Acessibilidade


A safra de cana do centro-sul do Brasil 2024/25 só começa oficialmente em 1º de abril, mas o número de usinas que anteciparão o início do novo ciclo será maior na nova temporada, em meio a um tempo mais seco em relação ao ano passado, afirmou a Unica (União da Indústria de Cana-de-açúcar) nesta terça-feira (12).

Um levantamento preliminar realizado pela associação indicou que 28 unidades produtoras vão reiniciar as atividades durante a primeira quinzena de março, versus 10 no mesmo período do ano passado.

“O ritmo de retorno das usinas pode sofrer alterações a depender das condições climáticas de cada região canavieira”, ponderou a Unica em nota. Na segunda metade de março, 39 unidades deram início à safra 2023/24, acrescentou, sem fazer prognósticos para a segunda metade do mês atual.

A expectativa de consenso do mercado é de que a safra de cana do centro-sul seja menor na nova temporada em relação ao recorde do ano anterior, quando as chuvas ajudaram a aumentar a produtividade, mas reduziram o número de dias de moagem na época de mais precipitações.

Compartilhe esta publicação: