Apresentado por

USDA corta safras de soja e milho do Brasil; vê maior oferta nos EUA no próximo ano

O corte na previsão de safra foi de dois milhões de toneladas, levemente abaixo da expectativa de analistas

Foto: Rodolfo Buhrer - Reuters
Foto: Rodolfo Buhrer - Reuters

Órgão norte-americano que é referência global estimou a produção brasileira em 154 milhões de toneladas,

Acessibilidade

O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) reduziu nesta sexta-feira (10) as suas estimativas das safras de soja e milho do Brasil na temporada 2023/24.

Na soja, o órgão norte-americano que é referência global estimou a produção brasileira em 154 milhões de toneladas, um milhão de toneladas abaixo da previsão de abril.

Mas o número ainda veio acima da média dos analistas, de 152,6 milhões de toneladas.

No caso do milho, o corte na previsão de safra foi de dois milhões de toneladas, para 122 milhões de toneladas, levemente abaixo da expectativa de analistas (122,4 milhões de toneladas).


Conteúdo publicitário