Apresentado por       

Brasil será centro da economia biossustentável, diz Guedes

Com a reforma tributária, o governo quer priorizar isenções que estimulem a economia verde e a digital.

Redação
Apresentado por       
Compartilhe esta publicação:
Adriano Machado/Reuters
Adriano Machado/Reuters

O Ministro da Economia, Paulo Guedes, afirma que não haverá mais incentivos do governo federal para as energias poluentes

Acessibilidade


Com a reforma tributária, o governo quer priorizar isenções que estimulem a economia verde e a digital, disse hoje (31) o ministro da Economia, Paulo Guedes, ressaltando que o país vai se tornar “o centro da economia biossustentável” no mundo.

Sem comentar a crise hídrica que o país enfrente atualmente em meio a uma seca histórica que tem afetado a produção de energia das hidrelétricas, Guedes disse que não haverá mais incentivos do governo para a energia “suja”.

LEIA TAMBÉM: Brasileiro no MIT lidera iniciativa que troca emissões de CO2 por oxigênio na metalurgia

“Vamos reindustrializar o Brasil em cima de energia barata”, disse Guedes durante participação no Fórum de Investimentos Brasil 2021.

Ele também destacou a vocação da Amazônia para se tornar um centro de provisão de serviços para a economia do meio ambiente e afirmou que o Brasil quer atrair investimentos para esse processo.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“Sabemos que biofármacos, a energia digital, turismo, a economia verde, tudo isso vai girar em torno da região Amazônica. Queremos ajuda e investimentos de fora para construirmos juntos esse futuro digital e esse futuro verde”, afirmou o ministro. (Com Reuters)

 

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: