Apresentado por       

Marathon e ADM criam JV para produção de matéria-prima de combustíveis renováveis

O óleo de soja será vendido exclusivamente à refinaria de petróleo para sua fábrica de diesel renovável.

Redação
Apresentado por       
Compartilhe esta publicação:
Solde Zuasnabar Brebbia/Getty Images
Solde Zuasnabar Brebbia/Getty Images

O óleo de soja será vendido exclusivamente à refinaria de petróleo para sua fábrica de diesel renovável

Acessibilidade


A Marathon Petroleum e a Archer-Daniels-Midland anunciaram hoje (19) a formação de uma joint venture para produção de óleo de soja, que será vendido exclusivamente à Marathon para sua fábrica de diesel renovável.

Refinarias têm buscado um acesso seguro a matérias-primas para combustíveis renováveis em meio às restrições de oferta e aos preços crescentes de gorduras, graxas e óleos.

LEIA MAIS: Governo fixa mistura obrigatória em 12% para 81º leilão de biodiesel

Espera-se que um complexo de processamento de soja da JV em Spiritwood, na Dakota do Norte, produza cerca de £ 600 milhões de óleo de soja refinado por ano –matéria-prima suficiente para cerca de 75 milhões de galões de diesel renovável/ano– quando for concluído, em 2023, disseram as empresas.

O volume é aproximadamente 40% da matéria-prima necessária para abastecer a planta da Marathon em Dickinson, também na Dakota do Norte, projetada para processar cerca de 180 milhões de galões de diesel renovável por ano.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A empresa será majoritariamente detida pela ADM, com 75% das ações, enquanto a Marathon Petroleum possuirá o restante.(Com Reuters)


Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: