Organizações farão apelo na ONU contra "desmonte ambiental" por Bolsonaro

A ação se refere a projetos que dificultam a demarcação de terras indígenas e que flexibilizam o licenciamento de recursos naturais.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Bruno Kelly/Reuters
Bruno Kelly/Reuters

O alerta sobre a situação no Brasil será feito em Genebra, amanhã (29)

Acessibilidade


Organizações da sociedade civil farão um apelo na ONU (Organização das Nações Unidas) sobre o que consideram uma política de desmonte ambiental em curso no Brasil pelo governo do presidente Jair Bolsonaro, citando uma série de projetos que, em sua visão, tem por objetivo enfraquecer ainda mais os mecanismos de proteção ao meio ambiente e aos povos indígenas.

O grupo citou projetos em tramitação no Congresso como o que dificulta a demarcação das terras indígenas e outro que flexibiliza o licenciamento ambiental. Os ativistas irão rebater discurso que Bolsonaro fez recentemente na abertura da Assembleia-Geral da ONU, em que citou uma alegada defesa do meio ambiente pelo governo, citando o que consideram ataques e uma grave violação de direitos humanos e socioambientais.

LEIA MAIS: Empresários pedem protagonismo ambiental do Brasil às vésperas da COP26

“Novamente os povos indígenas do Brasil chamam a atenção para a grave situação dos direitos humanos e socioambientais que enfrentamos. Conforme apontado pela alta comissária Michelle Bachelet, os povos indígenas estão sob ataque físico e institucional no Brasil”, destacaram as organizações em nota.

O alerta sobre a situação no Brasil será feito durante o diálogo interativo com o relator especial sobre os direitos dos povos indígenas, no Conselho de Direitos Humanos da ONU, em Genebra, amanhã (29), acrescentaram os grupos.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Procurada, a Secretaria de Comunicação da Presidência não se manifestou de imediato a um pedido de comentário. (Com Reuters)


Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.
 

Compartilhe esta publicação: