Apresentado por       

UE vai discutir mudanças nas regras orçamentárias para lidar com dívida e focar em investimento verde

Uma pesquisa mostrou que o investimento público adicional para cumprir o objetivo terá de ser de 0,5% a 1,0% do PIB anualmente durante esta década.

Redação
Apresentado por       
Compartilhe esta publicação:
Reprodução/Forbes
Reprodução/Forbes

Uma pesquisa mostrou que o investimento público adicional para cumprir os objetivos terá de ser de 0,5% a 1,0% do PIB anualmente durante esta década

Acessibilidade


Os ministros das Finanças da União Europeia começarão a discutir na próxima sexta-feira (10) como mudar suas regras orçamentárias para lidar com um enorme aumento na dívida do governo durante a pandemia do coronavírus e como incentivar os gastos necessários para conter as mudanças climáticas.

As possíveis opções incluem isentar os investimentos “verdes” de cálculos de déficit e limites de dívida e esquecer temporariamente as regras existentes que dizem que a dívida deve ser cortada todos os anos, mostraram documentos preparados para as conversas entre ministros.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

“O desafio nos próximos anos será consolidar os déficits e, ao mesmo tempo, aumentar os investimentos verdes para atingir as metas ambiciosas da UE de cortar emissões ou quaisquer outros investimentos”, disse nota preparada pela Eslovênia, sede da reunião.

A Eslovênia atualmente detém a presidência rotativa de seis meses da UE e comandará as negociações.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Uma análise do centro de pesquisa Bruegel encomendada pelos ministros mostrou que o investimento público adicional para cumprir os objetivos climáticos da UE terá de ser de 0,5% a 1,0% do PIB anualmente durante esta década, e isso pode exigir flexibilidade nas regras. (com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: