Nobel de Física vai para pesquisa que ajuda a compreender mudança climática

Três cientistas se dedicaram a entender sistemas físicos complexos e conseguiram prever com precisão o aquecimento global.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Pontus Lundahl/TT News Agency via Reuters
Pontus Lundahl/TT News Agency via Reuters

Anúncio dos vencedores do Prêmio Nobel de Física de 2021 em Estocolmo

Acessibilidade


O norte-americano nascido no Japão Syukuro Manabe, o alemão Klaus Hasselmann e o italiano Giorgio Parisi venceram o prêmio Nobel de Física de 2021 hoje (5) pelo trabalho que ajuda a compreender sistemas físicos complexos como a mudança climática da Terra.

Metade do prêmio de 10 milhões de coroas suecas (US$ 1,15 milhão) será dividida em partes iguais para Manabe, que está com 90 anos, e Hasselmann, pela modelagem do clima da Terra e por terem previsto com precisão o aquecimento global.

VEJA TAMBÉM: Nobel para Paolinelli? O legado do ex-ministro para a agricultura sustentável brasileira

A outra metade irá para Parisi por descobrir as “regras escondidas” por trás dos aparentemente aleatórios movimentos de gases ou líquidos.

“Sistemas complexos são caracterizados pela aleatoriedade e desordem e são difíceis de entender”, disse a Academia Sueca de Ciências em comunicado. “O prêmio deste ano reconhece novos métodos para descrevê-los e prever seu comportamento de longo prazo.”

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Manabe está atualmente na Universidade de Princeton, nos Estados Unidos, Hasselmann atua no Instituto Max Planck para a Meteorologia, em Hamburgo, na Alemanha, e Parisi na Universidade Sapienza, em Roma.

O prêmio de Física é o segundo Nobel a ser anunciado nesta semana, após os norte-americanos David Julius e Ardem Patapoutian vencerem o Nobel de Medicina ontem (4) pela descoberta de receptores de temperatura e toque na pele.

Os prêmios Nobel foram criados pela vontade do inventor da dinamite e empresário sueco Alfred Nobel e são entregues desde 1901, com apenas algumas interrupções, especialmente durante as duas guerras mundiais.

VEJA TAMBÉM: Indicado ao Prêmio Nobel da Paz diz que “desmatamento não é vantajoso para o Brasil”

Como ocorreu no ano passado, não haverá banquete para entrega dos prêmios em Estocolmo por causa da pandemia de Covid-19. Os laureados receberão suas medalhas e diplomas nos países em que vivem.

Após o anúncio do Nobel de Física, os próximos a serem anunciados nos próximos dias serão as premiações de Química, Literatura, Paz e Economia.

Entre os que já venceram o Nobel de Física estão nomes consagrados, como Albert Einstein e o casal Pierre Curie e Marie Curie. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: