Appian Capital vai produzir 100 mil mudas para reflorestamento ao ano

Empresa ligada à mineração já reflorestou cerca de 96 hectares na Mata Atlântica

Redação
Compartilhe esta publicação:
Funcionária da Atlantic Nickel segurando muda de árvore
Divulgação

Viveiro da Appian Capital na Bahia tem capacidade de produzir 100 mil mudas de árvores

Acessibilidade


A Appian Capital, um fundo de investimento de origem britânica, desembarcou no Brasil em 2018 após adquirir a mineradora Atlantic Nickel por US$ 68 milhões (R$ 371,2 milhões, na cotação atual). Uma de suas principais metas era tornar seu novo ativo mais sustentável e o caminho encontrado foi investir no reflorestamento e na criação de um viveiro em Itagibá, município localizado ao sul da Bahia, região coberta pela Mata Atlântica.  

Quatro anos depois dessa aproximação com a ideia de produzir árvores para reflorestamento, a empresa divulga com exclusividade para a Forbes alguns de seus resultados com a ação: o viveiro, inaugurado oficialmente em 2020, agora tem a capacidade de produzir 100 mil mudas por ano de espécies nativas do bioma, como jacarandá, pau-brasil, ingá de metro entre outras. Algumas dessas árvores já contribuíram para o reflorestamento de cerca de 96 hectares na região da mineradora — o equivalente a 100 campos de futebol, ou 960 mil metros quadrados. 

Leia mais:

Para 2022, a empresa espera acrescentar 60 hectares à conta por meio do reflorestamento em dois métodos diferentes. O primeiro, conhecido como plantio tradicional, consiste na retirada da vegetação que teve suas características naturais alteradas e sua substituição por uma das mudas nativas. Já o outro, chamado de nucleação, resulta na criação de “ilhas” de vegetação com alta capacidade ecológica, Segundo levantamento da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), o reflorestamento efetuado desta forma pode impulsionar a presença de outras espécies de animais e até microrganismos no bioma.

“Além das ações de reflorestamento na região, temos importantes projetos que englobam ações como doação de mudas para a comunidade local e o monitoramento da flora e da fauna originária da Mata Atlântica”, explica Silvio Lima, diretor de SSMA (saúde, segurança e meio ambiente) do fundo. A Appian Capital estima que já investiu cerca de US$ 320 mil (R$ 1,74 milhão) em projetos sociais na região entre 2018 e 2020. 

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Recentemente, em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, a empresa doou 2.000 mudas para as prefeituras dos municípios baianos de Itagibá e Ipiaú, uma forma de engajar as comunidades que têm a economia atrelada ao funcionamento da mineradora com o reflorestamento.

A Atlantic Nickel, que já comercializou este ano cerca de 59 mil toneladas de níquel para países como Canadá, Finlândia e China, possui uma área de preservação ambiental de 542 hectares distribuída entre APP (Áreas de Preservação Permanente) e Reservas Legais. Até 2030, espera plantar anualmente cerca de 24 mil mudas de árvores na região.

Compartilhe esta publicação: