St. Moritz é palco da Copa Mundial de Polo na Neve

Final foi disputada entre os times Badrutt’s Palace e Maserati (Foto: Divulgação)

No último fim de semana, St. Moritz foi anfitriã da 35ª edição da Copa Mundial de Polo na Neve. Alguns dos jogadores profissionais e amadores competiram no lago congelado que leva o nome da comuna suíça, incluindo o argentino Juan Martin Nero, atual terceiro melhor jogador do mundo segundo o ranking World Polo Tour e vencedor do Argentine Open 2018.

LEIA MAIS: Transporte público é a melhor forma de se locomover na Suíça

Entusiastas do esporte de diversas nacionalidades se reuniram para um final de semana que incluiu uma programação completa de eventos, entre eles, aulas de polo com o inglês Malcolm Borwick, campeão da equipe inglesa e embaixador do uísque Royal Salute, jantares, festas black tie e celebrações na famosa King’s Social House, no interior do hotel Badrutt’s Palace.

O time do hotel, liderado pela capitã Melissa Ganzi, levou o troféu Cartier ao derrotar a equipe da Maserati. Ambos os times possuíam a mesma pontuação de handicap, mas o profissional argentino Alejandro Novillo estava impossível e pontuou diversos gols muito rapidamente, o que foi fundamental para colocar o Badrutt’s no pódio. Além dele, os jogadores Alfredo Bigatti e Juan Bautista Peluso também fizeram parte da equipe.

Esta foi a primeira vez que o time do icônico hotel ganhou o troféu, com pontuação de 7-3. Melissa Ganzi fez história como a primeira jogadora mulher a vencer o torneio. O vilarejo recebe o evento desde 1985. A organização fica por conta de uma parceria entre os hotéis locais, como o Badrutt’s Palace e o Carlton.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).