Conheça o novo esportivo híbrido da BMW M Performance

Reprodução;/Forbes
A BMW tem explorado o futuro com a era sustentável e autônoma dos carros Vision

Resumo:

  • O vice-presidente sênior de design do BMW Group, Adrian van Hooydonk, anunciou o Vision M Next, futuro modelo do braço M Performance da montadora;
  • O modelo Vision M Next conta com direção autônoma e tecnologias inteligentes;
  • A maior promessa da marca com o lançamento do veículo é proporcionar prazer em dirigir, mesmo na era da mobilidade sustentável e autônoma.

Este é o Vision M Next, o futuro modelo do braço M Performance da BMW. Seu lançamento foi imaginado em um cenário não tão distante, quando motoristas poderão escolher se dirigem ou se são guiados pelo carro. O M Next é um carro esportivo híbrido que oferece um gostinho do futuro eletrificado da linha M, dando enfoque exclusivo ao motorista. Neste carro, tecnologias inteligentes fornecem uma assistência cuidadosamente direcionada para transformar um motorista apaixonado em um super piloto.

LEIA MAIS: Conheça o supercarro da Aston Martin que custará US$ 2 milhões

A BMW tem explorado o futuro, com a era sustentável e autônoma dos carros Vision. Esse último lançamento se junta ao anterior Vision iNext, que imaginava como a vida mudaria a bordo de um carro autônomo. Esses projetos pretendem iniciar debates e discussões internas para entender e mapear a identidade da marca no próximo capítulo da mobilidade.

Vice-presidente sênior de design do BMW Group, Adrian van Hooydonk diz que o conceito M Next fornece uma perspectiva do futuro da direção esportiva. O designer observa que o carro “demonstra como a tecnologia de ponta pode tornar mais pura e emocionalmente envolvente a experiência de ser conduzido por um veículo autônomo”. Ele diz que, com os dois modelos Vision, o maior foco são os passageiros. “O design e a tecnologia tornam as experiências ‘Ease’ e ‘Boost’ mais naturais e mais intensas.” Esses são os termos que a BMW está usando para descrever os conceitos que definem o futuro de seus carros.

O modo “Ease” (“Facilidade”, em tradução livre) no Vision iNext mostra os potenciais da tecnologia quando o veículo assume a tarefa de dirigir, enquanto o “Boost” (“Impulso”, em tradução livre) no M Next tem o objetivo de ajudar o motorista a ter a melhor experiência ativa.

Reprodução/Forbes
O Modelo Vision M Next conta com direção autônoma e tecnologias inteligentes

Talvez o projeto M Next seja puramente conceitual neste momento, mas a equipe impulsionou o carro com um motor elétrico nos eixos dianteiro e traseiro (acionamento de plug-in híbrido PHEV), proporcionando uma tração elétrica nas quatro rodas. Já o motor a gasolina, de quatro cilindros, impulsiona as rodas traseiras.

VEJA TAMBÉM: Rivian energiza a indústria com seus carros elétricos

Os números divulgados são promissores: a potência máxima de 600 cavalos faz o carro chegar a uma aceleração de 100 km/h em três segundos, além de uma bateria elétrica que dura 100 km. O carro também alerta o motorista para o momento mais adequado de acionar o botão “Boost+”, para ter ainda mais emoção enquanto dirige.

Com foco no motorista, o design do M Next dá continuidade ao tema contemporâneo dos carros esportivos da BMW. Baseado no modelo i8, tem portas de asa de gaivota e uma silhueta baixa em forma de cunha. A parte da frente carrega uma interpretação moderna da grade clássica da marca, apresentando uma tecnologia inovadora com os faróis Laser Wire em design diferenciado. Grandes entradas de ar e um spoiler (peça aerodinâmica) dianteiro feito de carbono reciclado contribuem para a estética do carro de corrida, assim como os códigos de cores — o laranja neon na dianteira e na traseira contrasta com a pintura metálica prateada.

O interior conta a história de um carro esportivo sustentável do futuro. Linhas simples do bordado do banco abraçam o motorista e alguns materiais alternativos, como titânio e fibras sintéticas que parecem couro, exploram o conceito de luxo. Também há conchas de assento integradas — de espuma maleável — que oferecem o conforto e o suporte ideal ao guiar.

Reprodução/Forbes
Com foco no motorista, o design do M Next dá continuidade ao tema contemporâneo dos carros esportivos da BMW

A interface do motorista, chamada “Boost Pod”, abriga os elementos de controle e informação em três camadas visuais — pequenos displays dispostos sobre o volante, um vidro redondo ao redor do volante e um head-up display de realidade aumentada. Para completar, já que tudo isso é imaginado para um carro altamente inteligente, a informação se adapta à velocidade do carro e aos seus hábitos de direção, de modo que, quanto mais rápido estiver o veículo, mais focalizada aparece a informação. Por fim, por meio do aplicativo MyBMW, um manobrista pode ser solicitado ao chegar a seu destino, para pegar o veículo, estacioná-lo e devolvê-lo no horário desejado.

A promessa de proporcionar prazer em dirigir é fundamental para a marca, mesmo na era da mobilidade sustentável e autônoma, algo que a divisão M pretende continuar a oferecer. “As raízes da BMW estão fincadas no desempenho, sempre focado na emoção de dirigir”, disse Hooydonk antes de fazer o anúncio do novo modelo. Segundo ele, essa emoção depende da velocidade, mas também da reação do motorista ao entrar no carro, da tecnologia avançada e do design de ponta. “A BMW é uma combinação de algo altamente emocional com uma entrega em nível racional”, diz. “A emoção, a velocidade e a responsividade também podem ser alcançadas com a direção elétrica. Talvez até mais facilmente, uma vez que esses carros são ágeis e a direção é mais leve e direta.”


Siga FORBES Brasil nas redes sociais:
Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
Baixe o app de Forbes Brasil na Play Store e na App Store

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).