Duas ilhas privadas em NY estão à venda por US$ 13 milhões

Reprodução/Forbes
As ilhas Columbia e Pea estão localizadas em New Rochelle, a menos de 16 km do distrito de Bronx

Resumo:

  • Duas ilhas privadas, ao norte da cidade de Nova York, entraram no mercado pela primeira vez em mais de dez anos;
  • As ilhas Columbia e Pea estão localizadas em New Rochelle, a menos de 16 km do distrito de Bronx;
  • O preço combinado de ambas é de US$ 13 milhões;

Após mais de uma década, duas ilhas privadas, ao norte da Cidade de Nova York, entraram no mercado pela primeira vez. O preço combinado de ambas é de US$ 13 milhões.

LEIA MAIS: A cobertura com o aluguel mais caro de Chicago

As ilhas Columbia e Pea estão localizadas em New Rochelle, a menos de 16 km do distrito de Bronx. Columbia Island, a menor das duas, tem 8 mil metros quadrados, conta com uma casa de tijolos de quatro quartos, dois banheiros, com vistas panorâmicas da água.

As ilhas têm uma grande história. Em 1940, a Columbia Broadcasting Company comprou a propriedade para usá-la como uma torre de rádio. Em 1967, os artistas Mary Healy e Peter Lind Hayes a adquiriram e construíram uma residência, que depois doaram ao College of New Rochelle. O proprietário atual, ativista de direitos humanos, promotor imobiliário e ex-médico Al Sutton, comprou a propriedade há 11 anos e a renovou extensivamente, disse Patti Anderson, agente da Julia B. Fee Sotheby’s International Realty.

Reprodução/Forbes
A casa fica seis metros acima do nível do mar

A casa fica seis metros acima do nível do mar e também tem uma bomba que pode processar 60 mil galões de água por hora. “Ele não poupou gastos na criação deste belo local”, diz Patti. Há painéis solares com geradores a diesel, aquecedores e uma máquina de dessalinização por osmose reversa, para que o morador possa viver sem o suporte de uma rede elétrica.

A propriedade tem uma doca que acomoda um barco de 12 metros e vem com uma embarcação para fins comerciais e uma barcaça.

A Pea Island, que fica a 370 metros da Columbia, tem dois hectares não desenvolvidos e não tem estaleiro. Portanto, só pode ser acessada por pequenos transportes, como esquife, paddle board, barco a remo ou caiaque. “É como se a praia fosse o seu quintal”, diz a agente.


​Siga FORBES Brasil nas redes sociais:
Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
Baixe o app de Forbes Brasil na Play Store e na App Store

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).