Mandarin Oriental finca bandeira na América Latina

Divulgação
Divulgação

Lobby do Mandarin Oriental em Santiago

O grupo Mandarin Oriental está prestes a aumentar sua presença pelo mundo: em dezembro, após dois anos de reformas, inaugura seu hotel de Santiago, no Chile – será a primeira propriedade da rede na América Latina.

Localizado em um exuberante edifício de 19 andares no bairro de Los Condes, onde no passado funcionou o Grand Hyatt, o hotel tem 310 quartos, todos com vista privilegiada para a cidade devido ao formato circular da construção. Os quartos, extremamente espaçosos, têm área mínima de 52 metros quadrados – a cereja do bolo é a suíte presidencial, que ocupa todo o último andar.

LEIA MAIS: Mandarin Oriental reina no Time Warner Center

Uma característica presente em todos os hotéis da bandeira Mandarin é a busca por incorporar elementos da cultura de onde estão localizados combinados à herança oriental do grupo. No caso do hotel chileno, o lobby, privilegiado por luz natural, é a principal vitrine: todas as obras de arte da decoração são de artistas chilenas, como a La Belleza de la Fragilidad, de Maite Izquierdo, composta por diversas faixas de tecidos coloridos representando a rica diversidade natural do país.

Uma curiosidade: cada propriedade traz um leque próprio que materializa seu DNA – o do Chile é adornado com uma pintura de aquarela em tons pastéis do artista Mario Toral.

Reportagem publicada na edição 71, lançada em setembro de 2019

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).