Kentucky Derby é adiado por conta de coronavírus

Reprodução/Forbes
Reprodução/Forbes

O Kentucky Derby deste ano foi adiado para setembro

A Churchill Downs Incorporated anunciou hoje (17) que o Kentucky Derby será adiado, com os casos globais de coronavírus superando os 182 mil. A onipresente corrida de cavalos, que atrai mais de 150 mil espectadores para Louisville, será realizada no fim de semana do Dia do Trabalho, em setembro.

“Nossa equipe está unida em nosso compromisso de manter o melhor Kentucky Derby de todos os tempos e certamente o mais exclusivo de todas as nossas vidas”, escreveu o CEO da CDI, Bill Carstanjen, em comunicado. “Embora sempre respeitemos as tradições consagradas pelo Kentucky Derby, o verdadeiro legado de nossa empresa é de resiliência, de adoção de mudanças e a determinação inabalável.”

VEJA MAIS: Covid-19: saiba quais eventos foram cancelados até agora

O Kentucky Derby é um dos eventos mais populares do calendário esportivo, com mais de 16 milhões de telespectadores. É um dos maiores eventos a serem atingidos pela pandemia de Covid-19. De acordo com estimativas da Forbes, mais de 35 milhões de participantes de eventos tiveram seus planos alterados por causa do vírus.

O Kentucky Oaks, uma corrida menor no dia anterior ao derby, é outro evento que será remarcado. O Oaks já recebeu mais de 100 mil fãs.

O Kentucky Oaks vai acontecer no dia 4 de setembro e o Kentucky Derby no dia 5 de setembro, dependendo da provável aprovação da Comissão de Corrida de Cavalos de Kentucky.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).