"O amor vence", dizem Harry e Meghan em reflexões sobre 2020 de 1º podcast

Toby Melville/Reuters
Toby Melville/Reuters

Harry e Meghan agradeceram os profissionais de saúde e da linha de frente e outros que fizeram sacrifícios durante um ano desafiador

O príncipe britânico Harry e sua esposa, Meghan, agradeceram hoje (29) os trabalhadores essenciais e ofereceram encorajamento às pessoas que sofreram durante a pandemia de coronavírus de 2020 em seu primeiro podcast divulgado no Spotify.

Harry e Meghan, conhecidos oficialmente como duque e duquesa de Sussex, são os protagonistas do episódio, que dá espaço às reflexões e esperanças do cantor Elton John, do produtor e ator Tyler Perry, da campeã de tênis Naomi Osaka e de outras celebridades para o próximo ano.

LEIA MAIS: Príncipe Harry sugere que Covid é um castigo da natureza

Em trechos divulgados pelo Spotify, o casal agradece os profissionais de saúde e da linha de frente e outros que fizeram sacrifícios durante um ano desafiador.

“De nossa parte, direi que, independentemente do que a vida colocar no caminho de vocês, acreditem quando dizemos que o amor vence”, disse Meghan.

“O amor sempre vence”, acrescentou Harry.

Harry e Meghan abdicaram de suas obrigações de membros da realeza em janeiro e se mudaram para o sul do Estado norte-americano da Califórnia com o filho pequeno, Archie. Em setembro, eles assinaram um acordo de produção de vários anos para criar programas de televisão com a Netflix, seguido por um acordo de vários anos para produzir e apresentar podcasts para o Spotify. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).