7 especialistas prevêem as maiores tendências da indústria de beleza para 2021

poba/ Getty Images
poba/ Getty Images

Experts apostam em dispositivos de alta tecnologia acessíveis a todos e cosméticos personalizáveis

Com uma pandemia global violenta, uma situação política contenciosa em muitos países e um colapso econômico inesperado, 2020 mudou quase todas as facetas de nossas vidas. Nem mesmo nossas rotinas de beleza ficaram imunes aos seus efeitos.

Conforme salões e spas fechavam, muitos especialistas –cabeleireiros, esteticistas, dermatologistas, manicures e maquiadores– foram dispensados, deixando nossas rotinas de autocuidado mais difíceis de cumprir. Isso sem contar o estresse, que causou mais estragos do que nunca em nossa pele e cabelo.

LEIA MAIS: Como a jornalista Bruna Tavares criou uma marca de beleza que fatura milhões por ano

À medida que avançamos em 2021, muitas das tendências que vimos surgir no ano passado parecem desaparecer, e outras permanecem no horizonte, especialmente quando o mundo espera retornar a algum vislumbre de normalidade pré-pandemia. Especialistas em beleza acreditam que 2021 será diferente para todos os setores, principalmente na sua área.

Veja na galeria a seguir previsões de sete experts para o setor no novo ano:

  • Monika Blunder, maquiadora e fundadora da Monika Blunder Beauty

    Monika Blunder sempre foi uma defensora da beleza natural, e esse é exatamente o visual que ela criou em sua carreira como maquiadora para alguns dos maiores nomes de Hollywood. Ela acredita que a abordagem “menos é mais” será cada vez mais popular no tapete vermelho. “As mulheres perceberam, durante a pandemia, que não precisam de tanta maquiagem. Elas estão realmente simplificando suas rotinas e aprendendo que menos é mais e que a maquiagem não precisa mais ser ‘perfeita’ no rosto inteiro, mas sim, ter um esforço em ser natural”, diz. Ela até criou seu produto de estreia, o Blunder Cover, com isso em mente. “É incrível para retoques sutis e para dar uma aparência de pele impecável sem ter que terminar com um olhar correspondente ou lábio”, explica ela. “Menos é mais! É tudo uma questão de realçar a beleza natural de uma pessoa.”

    Ela também acha que, neste ano, as máscaras labiais também serão o novo batom. “Por causa das máscaras faciais, as pessoas estão adotando tratamentos em vez de cor”, diz ela. “Os brilhos podem ser pegajosos e de alta manutenção, e quem quer lidar com batom borrado? Então, é melhor deixar seus lábios bonitos hidratando-os com tratamentos de longa duração.”

    Hiraman/ GettyImages
  • Sheena Yaitanes, fundadora da Kosas Cosmetics

    O maior acessório do ano passado, a máscara facial, trouxe um novo foco para a metade superior do rosto, e a fundadora da Kosas, Sheena Yaitanes, acha que isso deve continuar. “Eu acho que 2021 também vai trazer uma ênfase e foco ainda maior em toda a parte superior do rosto, olhos, sobrancelhas”, diz Yaitanes. “Sobrancelhas repolhudas, cílios fortes e produtos multitarefas que combinam cuidados com a pele com maquiagem substituirão complicadas rotinas de beleza.” O óleo facial matizado e o corretivo revelador mais vendido da Kosas são os que a fundadora chama de “produtos de dupla função” porque cobrem e ocultam manchas, mas também proporcionam benefícios para a pele, para que sua maquiagem funcione para você durante todo o dia. Ela acredita que 2021 verá o lançamento de muitos produtos multitarefa semelhantes.

    Guido Mieth/ Getty Images
  • Barbara Sturm, médica e fundadora da marca de cosméticos Dra. Barbara Sturm Molecular Cosmetics

    Se 2020 nos ensinou algo foi que a nossa saúde é importante. Com os problemas de ansiedade ainda alta, a guru da pele Barbara Sturm descobriu que mais pessoas do que nunca querem saber se seus cuidados com a pele são seguros. “Acho que a tendência mais importante de beleza e do bem-estar será o desejo cada vez maior de o cliente de saber quais ingredientes está colocando na pele e no corpo, como eles funcionam e por quê?”, diz ela. Mas Sturm também acredita que os cuidados com a pele e os tratamentos apoiados por ciência avançada não são apenas o presente, mas também o futuro da indústria. “A indústria tem novas invenções interessantes saindo, novos métodos de entrega de ingredientes potentes e novos compostos, com produtos cada vez mais personalizados e procedimentos avançados”, acrescenta ela.

    poba/ Getty Images
  • Michelle Henry, dermatologista certificada

    Segundo a dermatologista de Nova York Michelle Henry perda de cabelo também foi um dos efeitos colaterais da pandemia. Os pacientes têm perguntado sobre maneiras de reverter a queda e, embora o interesse em soluções como tratamentos com luz com certeza continue, Henry acredita que isso dará início a uma tendência ainda maior: cuidados com o couro cabeludo. “Acho que agora todos entendemos que nosso couro cabeludo é literalmente uma extensão de nossa pele facial e que merece a mesma atenção que damos ao nosso rosto”, diz ela. “Tenho tido uma conversa crescente sobre cuidados com o couro cabeludo e como utilizar ingredientes para cuidados com a pele no couro cabeludo. Acho que isso será algo realmente grande em 2021.”

    A Covid-19 deu uma pausa em muitos novos produtos e inovações, mas Henry acredita que todos esses lançamentos finalmente chegarão no novo ano. “Haverá uma tonelada de novos lançamentos em 2021, incluindo alguns novos injetáveis ​​interessantes que são feitos para parecer mais naturais e que têm sido usados ​​com sucesso na Europa por muitos anos”, diz ela. “Haverá também alguns novos aparelhos modeladores no mercado. que chegarão no primeiro semestre do ano, e a extensão do Sofwave, um aparelho de radiofrequência para a pele. Estamos vendo muito mais aparelhos da marca Pico que são mais inclusivos e seguros para todos os tons de pele.”

    Alan Rubio/ Getty Images
  • Georgia Louise, facialista e esteticista de celebridades

    Com pouco ou nenhum acesso aos nossos especialistas em beleza de confiança, muitas pessoas tiveram de aprender a cuidar de si mesmas em 2020. E o salão de beleza e spa em casa não devem desaparecer no novo ano. “As pessoas dominaram a arte de fazer as sobrancelhas, as unhas e cortar sua própria franja, então o consumidor tem essa confiança agora e está pronto para começar a investir em produtos para a pele, aparelhos de alta tecnologia e dispositivos para obter os melhores resultados”, diz a aclamada facialista de celebridades Georgia Louise. Ela acredita que muitas marcas vão lançar dispositivos caseiros, especialmente aqueles que ajudam as pessoas a limpar a pele, e eles se tornarão tão difundidos que será estranho não ter um. “Eu diria que agora, apenas uma em cada dez pessoas tem um dispositivo para a pele em casa, mas acho que até o final de 2021, será mais perto de sete a oito pessoas”, prevê ela. “As pessoas estão realmente abraçando a tecnologia, e ela é cada vez mais acessível e portátil agora.”

    Mas os dispositivos, explica Louise, serão apenas o começo. “Agora existe uma parte da indústria de tecnologia só para isso, e acho que isso só vai crescer”, diz ela. “A beleza deve ser personalizada e acho que muita gente não quer mais apenas entrar em uma loja e pegar algo na prateleira. Eles querem uma consulta individual –seja por meio do Zoom ou por meio de um aplicativo de inteligência artificial.”

    Mesmo quando os consumidores se tornam mais bem equipados para lidar com suas necessidades de cuidados com a pele em casa, Louise acha que, quando os tratamentos faciais retornarem, será em grande estilo. “Estamos treinando nossos clientes para fazerem seus próprios tratamentos faciais, mas o que as pessoas realmente querem em 2021 é o toque de especialistas, e o que podemos fazer por eles em casa é totalmente diferente do que eles podem experimentar em um spa”, observa ela.

    ShotPrime/ Getty Images
  • Leslie Irvine, cirurgiã plástica

    Poucos de nós pareciam preocupados com nossa aparência no ano passado, quando estávamos usando calças de moletom todos os dias e lavando o cabelo apenas uma vez por semana, mas todo aquele tempo gasto no Zoom na verdade levou muitas pessoas a se verem sob uma nova luz e não muito lisonjeira. “O Zoom realmente causou uma dismorfia ou distorção da coisa real”, explica Leslie Irvine, cirurgiã plástica certificada de Los Angeles.

    “As tendências que vejo decolando em 2021 são procedimentos que nos fazem parecer melhor no vídeo –e estou descobrindo que as pessoas realmente não querem esperar mais para fazer esses procedimentos que mudam a aparência, principalmente porque elas querem se sentir bem de novo.” Mais comumente, ela diz que os pacientes esperam melhorar dobrinhas no corpo e irregularidades texturais no rosto e pescoço que aparecem no vídeo, bem como imperfeições dinâmicas, como queixos duplos e triplos. Com o uso contínuo da máscara e a maior atenção na parte superior da face, Irvine prevê ainda mais demanda para procedimentos oculares. “Os olhos estão se tornando nossa característica facial mais marcante quando estamos em público com nossas máscaras, então, a cirurgia de blefaroplastia, que retira a pele em excesso nas regiões oculares, está em alta”, diz ela.

    Shana Novak/ Getty Images
  • Nikki Lee, cabeleireira celebridade e cofundadora da In Common Beauty

    Um ano pode ter se passado desde seu último corte de cabelo, e as suas perfeitas luzes de antes podem ser apenas uma mera memória neste momento, mas a cabeleireira Nikki Lee acredita que 2021 apresentará mais e mais oportunidades de cuidado com os cabelos. “Já que todo mundo estava preso em casa no ano passado, as pessoas vão querer grandes mudanças neste ano”, diz a coproprietária do salão Nine Zero One. “Vejo isso acontecendo principalmente com os cortes, dando adeus às pontas duplas.” Lee acha que bobs retos, camadas texturizadas e franjas Bardot serão a moda e os cortes favoritos do ano. Ela também acredita que os efeitos da pandemia no cabelo deram às pessoas uma nova abordagem para a cor. “Todos nós abraçamos a baixa manutenção e estamos buscando loiros despojados e castanhos brilhantes”, diz o estilista.

    Konstantin Tsevelev/ Getty Images

Monika Blunder, maquiadora e fundadora da Monika Blunder Beauty

Monika Blunder sempre foi uma defensora da beleza natural, e esse é exatamente o visual que ela criou em sua carreira como maquiadora para alguns dos maiores nomes de Hollywood. Ela acredita que a abordagem “menos é mais” será cada vez mais popular no tapete vermelho. “As mulheres perceberam, durante a pandemia, que não precisam de tanta maquiagem. Elas estão realmente simplificando suas rotinas e aprendendo que menos é mais e que a maquiagem não precisa mais ser ‘perfeita’ no rosto inteiro, mas sim, ter um esforço em ser natural”, diz. Ela até criou seu produto de estreia, o Blunder Cover, com isso em mente. “É incrível para retoques sutis e para dar uma aparência de pele impecável sem ter que terminar com um olhar correspondente ou lábio”, explica ela. “Menos é mais! É tudo uma questão de realçar a beleza natural de uma pessoa.”

Ela também acha que, neste ano, as máscaras labiais também serão o novo batom. “Por causa das máscaras faciais, as pessoas estão adotando tratamentos em vez de cor”, diz ela. “Os brilhos podem ser pegajosos e de alta manutenção, e quem quer lidar com batom borrado? Então, é melhor deixar seus lábios bonitos hidratando-os com tratamentos de longa duração.”

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).