As 10 companhias aéreas mais seguras do mundo para 2021

Andriy Onufriyenko/ Getty Images
Andriy Onufriyenko/ Getty Images

Nenhuma brasileira se encontra nas listas lançadas pelo AirlineRatings.com

Você se lembra de quando as conversas sobre viagens aéreas seguras não mencionavam desinfecção por nebulizadores, assentos vazios e máscaras faciais? Embora tenha havido menos aviões no ar no ano passado devido à pandemia, os passageiros ficaram mais focados do que nunca na segurança das companhias aéreas.

O site “AirlineRatings.com”, que monitora a segurança de 385 aéreas em todo o mundo, anunciou recentemente a sua lista anual das companhias mais seguras do mundo para 2021. As classificações são baseadas em uma ampla gama de fatores, que incluem registros de acidentes, relatórios de incidentes graves, auditorias governamentais e da indústria, iniciativas de segurança e idade da frota. Em 2020, a conformidade com a Covid-19 também foi incluída na classificação final.

LEIA MAIS: 8 novos hotéis em Londres para já planejar sua próxima viagem

Pelo terceiro ano consecutivo, a companhia aérea australiana, Qantas, ficou em primeiro lugar. “A Qantas tem sido a líder em praticamente todos os avanços importantes em segurança operacional nos últimos 60 anos e não teve uma fatalidade na era do jato puro”, disse Geoffrey Thomas, editor-chefe do “AirlineRatings.com”.

Os editores do site observaram que, ao longo de seu histórico de um século, a Qantas foi a primeira ou a segunda empresa a adotar 16 dos mais importantes aprimoramentos de segurança introduzidos nos últimos 60 anos. “A Qantas tem sido uma clara líder no desenvolvimento do Future Air Navigation System; monitoramento em tempo real de seus motores em toda a sua frota, gravador de dados de voo para monitorar o desempenho do avião e da tripulação; pousos automáticos usando Global Navigation Satellite System, bem como aproximações de precisão em torno de montanhas na nuvem usando RNP”, escreve Christine Forbes Smith, diretora editorial.

Dessas empresas, apenas uma companhia aérea dos EUA, a Alaska Airlines, entrou na lista das 10 maiores mais seguras do mundo, mas cinco outras entraram na lista de top 20. Isso é uma grande melhoria em relação ao ano passado, quando apenas duas companhias aéreas, Alaska Airlines e Hawaiian Airlines, entraram no top 20 em 2020. Para 2021, a Hawaiian Airlines e a Southwest Airlines também estão no ranking, bem como as três grandes companhias aéreas dos EUA, Delta Air Lines, American Airlines e United Airlines. Já o Brasil não teve nenhuma de suas companhias aéreas dentro das listas lançadas pela plataforma.

As 20 companhias aéreas mais seguras do mundo para 2021

Qantas (Austrália; nº 1 em 2020)
Qatar Airways (Qatar, nº 5 em 2020)
Air New Zealand (Nova Zelândia, nº 2 em 2020)
Singapore Airlines (Singapura, nº 6 em 2020)
Emirates (Emirados Árabes Unidos, nº 7 em 2020)
EVA Air (Taiwan, nº 3 em 2020)
Etihad Airways (Emirados Árabes Unidos, nº 4 em 2020)
Alaska Airlines (EUA, nº 8 em 2020)
Cathay Pacific Airways (Hong Kong, nº 9 em 2020)
British Airways (Reino Unido, não estava no top 20 em 2020)
Virgin Australia / Virgin Atlantic (Austrália / Reino Unido, nº 10 e nº 12 em 2020)
Hawaiian Airlines (EUA, nº 11 em 2020)
Southwest Airlines (EUA, não estava no top 20 em 2020)
Delta Air Lines (EUA, não estava no top 20 em 2020)
American Airlines (EUA, não estava no top 20 em 2020
SAS (Dinamarca, Noruega e Suécia; nº 14 em 2020)
Finnair (Finlândia, nº 17 em 2020)
Lufthansa (Alemanha, nº 18 em 2020)
KLM (Holanda, nº 20 em 2020)
United Airlines (EUA, não estava no top 20 em 2020)

LEIA MAIS: Os 20 melhores destinos de viagem para 2021

As low cost mais seguras para 2021

Os editores da AirlineRatings.com também identificaram uma lista das dez companhias aéreas de mais baixo custo mais seguras. Em ordem alfabética: Air Arabia (Emirados Árabes Unidos), Allegiant Air (EUA), EasyJet (Suíça), Frontier Airlines (EUA), Jetstar Group (Austrália), JetBlue Airways (EUA), Ryanair (Irlanda), VietJet Air (Vietnã), WestJet (Canadá) e Wizz Air (Hungria).

As 20 aéreas com melhor conformidade com a Covid-19

Neste ano, osite também produziu um índice separado das 20 principais companhias aéreas no que diz respeito à conformidade com protocolos da Covid-19. As companhias que passaram pelos critérios receberam uma “estrela” por instituir pelo menos quatro destes seis critérios: informações do site da Covid-19, distanciamento social durante o embarque e durante o voo, limpeza profunda noturna da aeronave, fornecimento de máscaras faciais aos passageiros, equipamento de proteção pessoal (PPE) para tripulação de cabina e alterações aos serviços de alimentação.

Em ordem alfabética: Air Baltic (Letônia), Air New Zealand (Nova Zelândia), Alaska Airlines (EUA), All Nippon Airways (Japão), AirAsia (Malásia), British Airways (Reino Unido), Cathay Pacific Airways (Hong Kong ), Delta Air Lines (EUA), Emirates (UAE), Etihad Airways (UAE), EVA Air (Taiwan), Japan Airlines (Japão), JetBlue (EUA), KLM (Holanda), Korean Air (Coreia do Sul), Lufthansa (Alemanha), Singapore Airlines (Singapura), Southwest Airlines (EUA), Qatar Airways (Qatar) e WestJet (Canadá).

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).