Porsche de Maradona na década de 1990 vai a leilão

Johanna Geron/Reuters
Johanna Geron/Reuters

O Porsche 911 prateado de 1992, que pertenceu ao Maradona, será leiloado de 3 a 10 de março

Um Porsche que pertenceu ao falecido ícone argentino do futebol Diego Maradona durante sua última temporada “perdida” na Europa irá a leilão nesta semana.

Maradona usou o Porsche 911 prateado de 1992 para ir e voltar de treinos e partidas quando jogou no Sevilla, na temporada de 1992-93, depois de ficar suspenso durante 15 meses por não passar em um exame de drogas.

LEIA MAIS: Jornada de transformação digital da Porsche passa pela explosão de dados

“Ele foi entregue novo a ‘El Diego’, Diego Armando Maradona, e por causa desta procedência este carro provavelmente pode valer o dobrou ou o triplo de um carro padrão”, disse Gregory Tuytens, especialista em carros da casa de leilões Bonhams, à Reuters em uma instalação de armazenamento da Bélgica.

O leilão virtual irá de 3 a 10 de março. O preço está estimado em até € 200 mil, mas Tuytens disse que a Bonhams acredita que pode sair por muito mais.

“Ele certamente terá apelo não somente para colecionadores de carro, mas também para torcedores de futebol e simplesmente pessoas que amavam a pessoa, o deus do futebol Maradona em geral”.

Maradona rendeu manchetes tanto dentro quanto fora de campo naquela temporada, inclusive quando parado pela polícia por ter atravessado um farol vermelho e correr a 180 km/h no centro da cidade, disse Tuytens.

O carro, que passou 20 anos com outro dono na ilha espanhola de Maiorca e depois passou pelas mãos de vários colecionadores franceses, está com cerca de 120 mil quilômetros rodados. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).