Dassault anuncia novo Falcon 10X

Divulgação
Divulgação

Novo modelo terá a maior e mais confortável cabine do mercado

A Dassault Aviation anunciou hoje (6) mais um integrante da família Falcon, que tem a ambiciosa meta de ser uma nova referência no mercado de aviação executiva. Com alcance de 7.500 milhas náuticas, o Falcon 10X – que chegará ao mercado em 2025 – terá autonomia para voar, sem escalas, de São Paulo a qualquer lugar da Europa, Dubai e até Auckland, na Nova Zelândia. Ou de Nova York a Xangai, de Los Angeles a Sydney, de Hong Kong a Nova York ou de Paris a Santiago, com velocidade máxima de 1.142 quilômetros por hora.  

“O Falcon 10X oferecerá uma experiência incomparável ao passageiro em voos de curta e longa duração, juntamente com recursos de segurança inovadores da tecnologia de caça de linha de frente da Dassault”, diz Eric Trappier, CEO da empresa francesa. “Otimizamos todos os aspectos da aeronave com o passageiro em mente e estabelecemos um novo nível de capacidade para aeronaves de ultralongo alcance.”

LEIA MAIS: NetJets obtém opções de compra para 20 jatos privados supersônicos Aerion AS2

Segundo a companhia, o novo modelo terá a maior e mais confortável cabine do mercado e oferecerá mais modularidade do que qualquer outra aeronave de sua classe, com a possibilidade de várias configurações no espaço interno. A área será suficiente para acomodar quatro zonas de cabine de igual comprimento, mas os proprietários podem configurá-la para criar um espaço totalmente personalizado. É possível, por exemplo, ter uma área de jantar/ conferência expandida, um espaço de entretenimento dedicado com um monitor de tela grande, uma cabine com cama queen-size completa ou uma suíte master ampliada com box privativo.

O jato possuirá, ainda, uma seção transversal da cabine maior do que alguns modelos regionais – são 2,03 metros de altura e 2,77 metros de largura. Isso o tornará quase 20 centímetros mais largo e 5 centímetros mais alto do que o jato executivo mais largo e mais alto construído para esse fim em operação atualmente.

De acordo com a companhia, a pressurização também foi desenvolvida para ser a melhor do mercado – os passageiros experimentarão uma altitude de pressão de 3.000 pés na cabine enquanto voam a 41.000 pés. “Um sistema de filtragem de última geração fornecerá ar 100% puro. A aeronave será tão silenciosa quanto o Falcon 8X, atualmente o jato executivo mais silencioso em serviço”, disse a empresa em nota. 

No novo modelo, as janelas são quase 50% maiores do que as do Falcon 8X. Trinta e oito delas serão alinhadas à fuselagem, aumentando o nível de iluminação da cabine. A asa de alta velocidade será construída com material de fibra de carbono, para maior resistência, peso reduzido e arrasto mínimo, enquanto o jato bimotor ficará  a cargo do motor Rolls Royce Pearl 10X, em desenvolvimento.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).