Dia dos Namorados: 10 dos anéis de noivado mais caros do Brasil para quem quer dar o próximo passo

Getty Images/John Slater
Getty Images/John Slater

Diferente da aliança, que o casal troca no altar durante o casamento, o anel de noivado é chamado de “solitário”

A tradição dos anéis de noivado não possui uma origem confirmada. Alguns historiadores a atribuem aos egípcios, já que escavadores encontraram múmias com anéis exatamente no quarto dedo da mão esquerda. Outros acreditam que tudo começou na Grécia e na Roma antigas, onde a troca de joias entre duas pessoas apaixonadas era comum. Em meio a tantas dúvidas, no entanto, um fato é consenso: o costume nasceu da crença no amor eterno.

A própria posição do anel de noivado no anelar esquerdo é uma referência a esse sentimento. Nos tempos antigos, acreditava-se que nesse dedo havia uma veia que se ligava diretamente ao coração, a “vena amoris” (veia do amor, em latim). Embora muito poética, essa crença foi desmistificada pelos estudos de anatomia atual, mas o hábito continua em prática em diversas culturas.

LEIA MAIS: Airbnb dos mares: plataformas online alugam iates que podem custar até R$ 700 mil por dia

Diferente da aliança, que o casal troca no altar durante o casamento, o anel de noivado é chamado de “solitário”. Apenas a mulher o usa a partir do momento em que é pedida em casamento, para mostrar ao mundo que está comprometida – mais um costume herdado da Antiguidade.

Já dos tempos da aristocracia e da nobreza incorporamos os diamantes aos rituais de noivado. Em 1477, o arquiduque Maximiliano, da Áustria, encomendou um anel de diamante para sua noiva, Maria de Borgonha. Isso foi o bastante para que os vitorianos popularizassem o design, que permanece em voga nos dias atuais. A durabilidade da pedra passou a ser um sinal de que os casamentos são para sempre. Já a pureza e o brilho se tornaram símbolos da profundidade do compromisso entre duas pessoas.

Claro que, com o tempo, muitas outras variações surgiram, mas o anel de noivado continuou sendo um símbolo de romance e de laços eternos. Neste Dia dos Namorados, pensando nos casais apaixonados com planos de passarem o resto da vida juntos, selecionamos algumas das peças mais caras e luxuosas disponíveis no país.

Veja, na galeria de fotos a seguir, 10 dos anéis de noivado mais caros disponíveis no Brasil:

  • Solitário, Miguel Alcade

    Preço: R$ 17.500

    Feito em ouro branco 18 quilates, com um único diamante de 0,80 pontos na lapidação brilhante, cor J/H e pureza SI1.

    Divulgação
  • Coleção Stern Noble, HStern

    Preço: R$ 19.100

    Anel de ouro branco 18 quilates polido com diamantes redondos 0,30 ct.

    Divulgação
  • Anel Positively Conscious, Courbet

    Preço: R$ 24.332

    Confeccionado em ouro rosé 18 quilates com diamantes pavé.

    Divulgação
  • Solitário, Julio Okubo

    Preço: R$ 53.584

    O solitário é feito em ouro branco e ouro rosé com 70 pontos de diamantes.

    Divulgação
  • Solitário Ouro Branco, Vivara

    Preço: R$ 72.590

    Possui 100 pontos de diamantes.

    Divulgação
  • Solitário, Corsage

    Preço: R$ 77.840

    Feito em ouro branco 18 quilates e diamante 1,03 ct de aro 16.

    Divulgação
  • Anel Lorea, Brazil & Murgel

    Preço: R$ 92.400

    Com design premiado na Itália pelo A’Design Award, a peça é feita em ouro branco 18 quilates com três diamantes quadrados de lapidação Princess 1,34 ct.

    Divulgação
  • Tiffany & Co. Schlumberger, Tiffanny

    Preço: R$ 415 mil

    Possui um diamante central em lapidação brilhante rodeado por pavé de diamantes e aro em platina com diamantes.

    Divulgação
  • Anel Allegro, Sauer 1941

    Preço: R$ 826 mil

    Feito com diamantes e ouro branco 18 quilates.

    Divulgação
  • Solitário Motifs Triangles, Van Cleef & Arpels

    Preço: R$ 2.070.000

    Peça única feita em platina, diamantes com lapidação triangular e um rubi de lapidação almofada de 2,39 ct.

    Divulgação

Solitário, Miguel Alcade

Preço: R$ 17.500

Feito em ouro branco 18 quilates, com um único diamante de 0,80 pontos na lapidação brilhante, cor J/H e pureza SI1.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).