8 atletas mais jovens da Olimpíada de Tóquio

Getty Images
Getty Images

Prodígios com menos idade desta edição – todas mulheres, como a skatista brasileira de 13 anos Rayssa Leal (foto) – quebraram recordes e ganharam medalhas nos primeiros dias da Olimpíada

Alguns dos atletas mais jovens da história dos Jogos Olímpicos modernos estão disputando medalhas em Tóquio este ano e, apesar da pouca idade, eles não estão para brincadeira. Em poucos dias de competição, alguns deles já quebraram recordes e garantiram seu lugar no pódio – caso da skatista brasileira Rayssa Leal, de apenas 13 anos, que ganhou a medalha de prata na categoria street ontem (26). 

Em 125 anos de história, o atleta mais jovem a ganhar uma medalha foi Dimitrios Loundras, de 10 anos, um ginasta grego que ajudou sua equipe a levar para casa o bronze, conquistado nas barras paralelas na Olimpíada de Atenas, em 1896, a primeira da era moderna. Ele nunca competiu em outras edições do evento, mas serviu no Comitê Olímpico da Grécia quando adulto.

LEIA MAIS: Os atletas olímpicos mais bem pagos de 2021

O COI (Comitê Olímpico Internacional) não determina uma idade mínima universal para os atletas olímpicos, mas os esportes individuais têm limites de elegibilidade. Os ginastas, por exemplo, devem ter 16 anos para competir, enquanto os boxeadores devem ter completado 18 anos. O skate olímpico, notadamente, não tem exigência de idade mínima, abrindo portas para jovens competidores como Rayssa. 

Veja, na galeria de fotos a seguir, os atletas mais jovens que estão competindo na Olimpíada de Tóquio:

  • Henda Zaza

    Idade: 12 anos

    A síria prodígio do tênis de mesa é a atleta mais nova dessa edição. Ela foi eliminada no último sábado (24) depois de perder por 4 a 0 na primeira rodada contra o austríaco Liu Jia.

    Reprodução/Forbes
  • Kokona Hiraki

    Idade: 12 anos

    A japonesa se tornou a atleta mais jovem a competir pelo Japão na história das Olimpíadas na modalidade do skate park.

    Vans/Reprodução
  • Sky Brown

    Idade: 13 anos

    A skatista britânica Sky completou 13 anos este mês, tornando-se a atleta olímpica da Grã-Bretanha mais jovem de todos os tempos.

    Reprodução/Forbes
  • Rayssa Leal

    Idade: 13 anos

    A maranhense, mais conhecida como “Fadinha”, conquistou a prata na categoria de skate street e atualmente é a brasileira mais jovem a receber uma medalha olímpica — e a sétima medalhista no ranking dos atletas com menos idade na história da Olimpíada.

    Reuters
  • Momiji Nishiya

    Idade: 13 anos

    Se Rayssa ganhou a prata, foi a japonesa Momiji – apenas quatro meses mais velha que a brasileira -, quem levou o primeiro lugar no pódio do skate street. O feito fez da atleta a segunda medalhista de ouro mais jovem da história.

    Getty Images
  • Quan Hongchan

    Idade: 14 anos

    A chinesa está concorrendo na modalidade feminina de saltos ornamentais da plataforma de 10 metros.

    Getty Images
  • Summer McIntosh

    Idade: 14 anos

    A canadense estabeleceu, no domingo (25), um novo recorde na natação para sua terra natal. Ela concluiu a prova de nado livre 400 metros em 4min2seg72.

    Getty Images
  • Katie Grimes

    Idade: 15 anos

    A nadadora é a integrante mais nova do time de natação dos Estados Unidos desde a medalhista de ouro Katie Ledecky, que estreou na Olimpíada de Londres em 2012 com a mesma idade. Hoje, aos 24, Katie disse, durante as classificatórias para Tóquio, que Grimes era “o futuro” do esporte.

    Getty Images

Henda Zaza

Idade: 12 anos

A síria prodígio do tênis de mesa é a atleta mais nova dessa edição. Ela foi eliminada no último sábado (24) depois de perder por 4 a 0 na primeira rodada contra o austríaco Liu Jia.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).