Museu do Prado renova coleção para destacar mulheres artistas

REUTERS/Juan Medina
REUTERS/Juan Medina

Após aquisições recentes de pinturas e miniaturas, o museu agora conta com os trabalhos de 13 pintoras

Tentando dar um novo fôlego ao Museu do Prado, em Madri, após longos meses de pandemia, os curadores renovaram a coleção para exibir mais trabalhos de artistas mulheres e refletir melhor a variedade da arte do século XIX.

Após aquisições recentes de pinturas e miniaturas, o museu agora conta com os trabalhos de 13 pintoras, de um total de 130 artistas.

LEIA MAIS: 5 plataformas que oferecem suporte a vítimas de violência contra a mulher

As miniaturas, geralmente retratos familiares íntimos, exigem grande habilidade técnica, mas podem ser criadas em pequenas oficinas, o que as torna populares entre artistas femininas que não tinham grandes estúdios artísticos no século XIX.

Há agora nove salas com trabalhos de mulheres como Marcela de Valencia e Maria Blanchard, afirmou o chefe de conservação de pinturas do século XIX do museu, Javier Baron, à Reuters.

Leticia Azcue Brea, chefe de conservação de esculturas e artes decorativas, disse que cada obra teve que fazer por merecer o seu lugar. “O museu é muito rigoroso. Se há uma mulher nele, é porque ela mereceu”, afirmou. (com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).