XP faz aporte de R$ 100 milhões em rede de bares e restaurantes Alife-Nino

O grupo tem mais de 30 bares e restaurantes espalhados pelo Brasil.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Reprodução/Nino Cucina
Reprodução/Nino Cucina

O Nino Cucina é um dos restaurantes do grupo Alife-Nino, agora sócios da XP

Acessibilidade


O fundo de Private Equity da XP anunciou hoje (4) aquisição de participação societária e um aporte de R$ 100 milhões ao grupo Alife-Nino, rede com 31 bares e restaurantes, entre eles o Nino Cucina, o Tatu Bola e o Boa Praça em São Paulo. 

Segundo a XP, o investimento deve ser utilizado principalmente para “acelerar a expansão orgânica da rede”, com abertura de novos estabelecimentos do grupo pelo país, além da potencial aquisição de novos negócios. Este é o sétimo investimento do fundo em 1 ano e meio desde a sua captação de R$ 1,4 bilhão no ano passado.

VEJA TAMBÉM: De comida nas alturas a degustação no mar: conheça 7 restaurantes brasileiros em locais inesperados

“As marcas do grupo têm forte aderência e popularidade com o público geral, sendo negócios comprovadamente escaláveis. Somado a isso, o mercado de capitais brasileiro ainda é carente de players do setor, e diante desse contexto, enxergamos a Alife-Nino como uma forte candidata para um futuro IPO”, afirmou Chu Kong, head do fundo.

Segundo o sócio-fundador do grupo, Pedro Silveira, o investimento da XP vem em um momento decisivo da companhia – parte de um dos setores mais atingidos pela pandemia da Covid-19. “A união da capacidade de operação do nosso time e a contribuição estratégica do XP Private Equity será chave para o sucesso do nosso plano de expansão”, diz ele.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: