Lista com 100 melhores restaurantes da América Latina tem 17 brasileiros

O peruano Central, de Lima, ficou em primeiro lugar; D.O.M., de Alex Atala, é o mais bem colocado do Brasil, na terceira posição.

Mariana Weber
Compartilhe esta publicação:
Reprodução/Forbes
Reprodução/Forbes

Alex Atala, que comanda o D.O.M., em São Paulo; o restaurante é considerado o terceiro melhor restaurante da América Latina

Acessibilidade


Dezessete restaurantes brasileiros estão na lista “Latin America’s 50 Best Restaurants 2021: Pasado y Futuro”, que, excepcionalmente, em vez de um ranking anual, apresentou os 100 estabelecimentos mais votados desde a primeira edição da premiação, em 2013. O resultado foi divulgado na noite de segunda-feira (22) durante um evento simultâneo em São Paulo e em outras cidades da América Latina. Em primeiro lugar está o Central, de Lima, Peru, dos chefs Virgilio Martínez e Pía León. O paulistano D.O.M., de Alex Atala, é o mais bem colocado do Brasil, na terceira posição.

LEIA TAMBÉM: De comida nas alturas a degustação no mar: conheça 7 restaurantes brasileiros em locais inesperados

Durante o evento, também foram anunciados prêmios especiais para pessoas e restaurantes que se destacaram no último ano pela atuação com impacto positivo na gastronomia e na sociedade. O Corrutela, de São Paulo, recebeu o prêmio Flor de Caña Sustainable Restaurant Award, além de ficar em 90º lugar no ranking. “Que sirva de lição que sustentabilidade são escolhas, não é o investimento financeiro”, disse Cesar Costa, chef do restaurante, que faz na casa desde a polenta – moída em moinho de pedra – até o chocolate – a partir de cacau plantado com técnicas de agricultura regenerativa. Pela atuação social, Rodrigo Oliveira e Adriana Salay, do Mocotó (23ª posição na lista) levaram o The Macallan Icon Award, que já havia sido anunciado em 4 de novembro.

Divulgação
Divulgação

Chefs integrantes da lista de 100 melhores restaurantes da América Latina

Confira, a seguir, a relação completa de restaurantes brasileiros listados:
3º – D.O.M. (São Paulo, SP)
7º – Maní (São Paulo, SP)
11º – A Casa do Porco (São Paulo, SP)
22º – Lasai (Rio de Janeiro, RJ)
23º – Mocotó (São Paulo, SP)
41º – Oteque (Rio de Janeiro, RJ)
49º – Manu (Curitiba, PR)
51º – Oro (Rio de Janeiro, RJ)
54º – Tuju (São Paulo, SP)
65º – Evvai (São Paulo, SP)
66º – Fasano (São Paulo, SP)
68º – Glouton (Belo Horizonte, MG)
75º – Tordesilhas (São Paulo, SP)
77º – Soeta (Vitória – MG)
86º – Arturito (São Paulo, SP)
88º – Komah (São Paulo, SP)
90º – Corrutela (São Paulo, SP)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Compartilhe esta publicação: