Rainha Elizabeth deseja que Camilla seja nomeada rainha consorte

Anúncio da monarca põe fim a especulações de que a esposa do príncipe Charles teria apenas o título de princesa.

Anna Kaplan
Compartilhe esta publicação:
Reprodução/Forbes
Reprodução/Forbes

Anúncio da rainha Elizabeth põe fim às especulações de que Camilla tivesse apenas o título de princesa consorte

Acessibilidade


A rainha Elizabeth anunciou ontem (5) o seu desejo de que Camilla, a duquesa da Cornualha, seja considerada rainha consorte “quando a hora chegar”, respondendo diretamente a uma longa especulação sobre qual seria o título de Camilla quando o seu marido, Charles, se tornar rei.

Em uma mensagem divulgada na véspera do aniversário de 70 anos da sua ascensão ao trono, a rainha Elizabeth, de 95 anos, escreveu que “deseja sinceramente” que Camilla seja rainha consorte — o que significa que ela seria chamada de rainha Camilla — e que o povo dê ao seu filho, o príncipe Charles, e sua esposa o mesmo tratamento que ela recebeu quando ascenderem ao trono.

LEIA TAMBÉM: Elizabeth II faz 70 anos de reinado; veja fotos

Ela agradeceu a seus apoiadores pela “lealdade e carinho” que continuam a mostrar a ela.

Um porta-voz da Clarence House, onde residem o príncipe de Gales e a duquesa da Cornualha, disse à BBC que Charles e Camilla ficaram “tocados e honrados”.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Antecedentes

Camilla se casou com Charles em 2005. A Clarence House sugeriu que seu futuro título seria Sua Alteza Real princesa consorte, que alguns especularam ser uma concessão à opinião pública negativa sobre ela devido ao seu relacionamento com Charles enquanto ele era casado com a princesa Diana, relata o jornal The Guardian.

Charles supostamente queria que Camilla recebesse o título de rainha consorte e fosse coroada e ungida, quando se tornasse rei. A opinião pública sobre Camilla melhorou nos últimos anos. A rainha fez de Camilla uma Dama Real da Nobre Ordem da Jarreteira, em reconhecimento à sua contribuição para a monarquia, em dezembro passado.

No que ficar de olho

Com o anúncio da rainha, Camilla provavelmente não enfrentará obstáculos para se tornar uma rainha consorte com plenos direitos ao lado de Charles. O ex-correspondente real da BBC, Peter Hunt, disse ao Guardian que a mensagem da rainha era “extraordinária”. “A rainha está garantindo que a transição para o reinado do filho, quando acontecer, seja tão perfeita e sem problemas quanto possível”, disse Hunt.

Compartilhe esta publicação: