Kevin Spacey diz que irá ao Reino Unido para enfrentar acusações de crimes sexuais

Compartilhe esta publicação:

 

Acessibilidade


LONDRES (Reuters) – O ator vencedor do Oscar Kevin Spacey disse que viajará voluntariamente ao Reino Unido “assim que for possível” para enfrentar acusações de crimes sexuais, informou o programa de TV Good Morning America nesta terça-feira.

Na semana passada, o Serviço de Procuradoria da Coroa do Reino Unido (CPS, na sigla em inglês) disse que autorizou acusações contra Spacey, de 62 anos, por quatro denúncias de agressão sexual contra três homens, e uma outra acusação de fazer com que uma pessoa se envolvesse em atividade sexual com penetração sem consentimento.

A polícia disse que as supostas agressões haviam ocorrido entre março de 2005 e abril de 2013, quatro na capital britânica e uma em Gloucestershire. Os casos envolveram um homem que agora está na casa dos 40 anos e dois homens agora na casa dos 30.

Spacey será indiciado se ele for preso na Inglaterra ou no País de Gales, disse um porta-voz do CPS.

“Aprecio muito a declaração do Serviço de Procuradoria da Coroa na qual eles lembraram cuidadosamente à mídia e ao público que tenho direito a um julgamento justo, e que sou inocente até prova em contrário”, disse o ator em comunicado, segundo o Good Morning America.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“Embora eu esteja desapontado com a decisão de seguirem em frente, irei comparecer voluntariamente no Reino Unido assim que puder e me defender contra estas acusações, e estou confiante que provarei minha inocência”.

(Reportagem de Michael Holden)

Compartilhe esta publicação: