e.GO Mobile lança carro elétrico com a ajuda de Neymar Jr.

Por € 24.990, e.wave X oferece autonomia de 240 quilômetros e tem painel interno de 23 polegadas.

Rodrigo Mora
Compartilhe esta publicação:
(Divulgação)
(Divulgação)

Embaixador da e.Go Mobile, Neymar Jr. desvenda o elétrico urbano e.wave X

Acessibilidade


A e.GO Mobile é uma desconhecida fabricante alemã de carros elétricos, mas tem Neymar Jr. como embaixador. Na última sexta-feira (6), o atacante do Paris Saint-Germain desvendou o e.wave X, um modelo subcompacto de € 24.990 (aproximadamente R$ 135 mil) com vocação para mobilidade urbana.

Equipado com um motor elétrico de 109 cv, o e.wave X pode rodar até 240 quilômetros com uma carga. Quatro pessoas podem viajar no carrinho, que tem tração traseira, rodas aro 18, faróis em LED e três modos de condução: ECO, Comfort e Sport.

Leia mais: Porsche Macan fica mais potente e equipado antes de nova geração estrear

Apesar da intenção de ser acessível, o e.wave X é bem equipado. Destaques para a tela de 23 polegadas – que faz as vezes de painel de instrumentos e central multimídia – e o material da carroceria, que segundo a marca “não só é mais resistente a amassados ​​e arranhões e muito mais fácil de manter e reparar, mas também oferece a possibilidade de mudar o exterior (re-skinning) para oferecer várias opções de cores para o mesmo veículo ao longo de seu ciclo de vida”.

Uma versão limitada a 31 unidades, batizada de e.wave NJR, também foi anunciada pela marca, que promete doar os recursos da venda de 30 desses exemplares especiais para construir um projeto sustentável de água no Brasil.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Durante o lançamento do e.Wave X, um evento em Berlim para 150 convidados, Ali Vezvaei, presidente do conselho da e.GO Mobile, comentou que “a aceleração da mobilidade sustentável está no centro de tudo, não apenas para o futuro do nosso planeta, mas também para navegar pelas mudanças tectônicas que estamos experimentando globalmente”.

Compartilhe esta publicação: