Coleção de itens esportivos e musicais de bilionário é exibida em Nova York

O item mais valioso é o rolo de papel original datilografado do livro "On the Road", de Jack Kerouac, comprado em 2001 por US$ 2,43 milhões (R$ 11,65 milhões)

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Brent Smith/Reuters
Brent Smith/Reuters

O bilionário Jim Irsay, de 62 anos, acumulou a coleção ao longo de cerca de 25 anos

Acessibilidade


A coleção particular do bilionário Jim Irsay de artefatos históricos norte-americanos estava sendo exibida ao público de maneira gratuita por apenas um dia em Nova York hoje (3).

“Eu não quero dinheiro”, disse Irsay, proprietário do time de futebol norte-americano do Indianápolis Colts. “Essa é minha iniciativa para fazer o mundo um lugar melhor… É para permitir que as pessoas vejam e compartilhem essas coisas.”

Irsay, de 62 anos, acumulou a coleção ao longo de cerca de 25 anos. Ela apresenta instrumentos de lendas do rock n’ roll, manuscritos da literatura norte-americana, e a primeira declaração nacional de Ação de Graças, em 1777.

O foco está em pessoas poderosas que mudaram o mundo.

“Eu tenho John F. Kennedy, sua cadeira de balanço, o taco de Jackie Robinson com o qual ele acertou um homerun na World Series, as sapatilhas de Muhammad Ali da luta contra Joe Frazier em Manila”, disse Irsay. “É muito eclético, tem um pouco de tudo.”

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O item mais valioso é o rolo de papel original datilografado do livro “On the Road”, de Jack Kerouac, comprado em 2001 por US$ 2,43 milhões (R$ 11,65 milhões).

Em maio, o bilionário pagou US$ 5 milhões (R$ 23,9 milhões) pela guitarra Fender Mustang 1969 utilizada por Kurt Cobain no videoclipe de “Smells Like Teen Spirit”, de 1991.

A coleção também tem guitarras tocadas por Bob Dylan, Beatles, Prince, Eric Clapton, The Grateful Dead e Pink Floyd.

Compartilhe esta publicação: