DeLorean apresenta o Alpha V, mas você precisará de estradas

Ícone de "De Volta Para O Futuro", marca volta após passado conturbado para lançar nova gama de modelos

Bill Roberson
Compartilhe esta publicação:
(Divulgação)
(Divulgação)

DeLorean Alpha V, novo carro da marca

Acessibilidade


Poucos carros têm a atração emocional de um DeLorean, o ícone automotivo dos anos 1980 que foi cimentado no zeitgeist público como poucos outros carros depois de uma estrela virar uma máquina do tempo em “De Volta Para O Futuro” – e o desaparecimento repentino e rápido da empresa e do homem que a criou.

Leia mais: Por R$ 475.950, versão elétrica do BMW X3 tem pré-venda aberta

As pessoas que não conseguem distinguir um Corvette de um Civic normalmente conseguem identificar imediatamente um DeLorean, geralmente com um grande sorriso e a surpresa que os loucos por carros mostrariam se Elvis chegasse em uma LaFerrari.

Encurtando a história: trabalhadores na Irlanda do Norte produziram pouco menos de 9.000 exemplares do cupê de motor V6 traseiro e carroceria inoxidável em pouco menos de dois anos, antes da DeLorean Motor Company, ou DMC, entrar em colapso devido a dívidas e ao suposto tráfico por seu fundador, John DeLorean – que foi considerado inocente das acusações contra ele. A DeLorean então estava acabada. Agora, 40 anos depois, parece estar de volta.

(Divulgação)
(Divulgação)

DeLorean Alpha V

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

John DeLorean faleceu em 2005 aos 80 anos, mas dez anos antes de sua morte, os restos da empresa foram comprados por um irlandês que tinha grandes projetos de ressuscitar os carros em sua forma original, mas não era para ser. Agora, a marca mudou-se para os EUA sob a supervisão de Joost de Vries, ex-Tesla e Fisker/Karma, e ele tem planos não apenas para reviver o nome sagrado e o carro, mas para expandir e transformar a DeLorean em um competidor tanto no segmento de elétricos quanto no de veículos a combustão.

O primeiro será o novo DeLorean, conhecido como Alpha V, que será um cupê esportivo de quatro lugares totalmente elétrico, de produção limitada, alto desempenho e muito parecido com o original, exceto pela parte elétrica. O carro foi anunciado recentemente e os esboços, revelados. A DeLorean diz que a versão de produção será lançada em agosto em Pebble Beach, com produção prevista para 2024. De Vries disse à revista inglesa Autocar que espera levar o DeLorean ao público mais ou menos na mesma época em que o primeiro carro for exibido ainda este ano.

(Divulgação)
(Divulgação)

DeLorean Alpha V

Inicialmente, apenas 88 unidades do modelo estão planejadas, e você provavelmente sabe por que esse número é fundamental se viu o filme. Perdeu? Em “De Volta Para O Futuro”, o DeLorean movido a capacitor de fluxo precisa atingir 88 milhas por hora (cerca de 140 km/h) antes de entrar no modo de viagem no tempo.

O novo DeLorean EV é projetado por Giorgietto Giugiaro, que também criou o DMC-12 original, como o carro dos anos 80 era oficialmente conhecido. Giugiaro é agora o chefe da empresa de design Italdesign. De acordo com de Vries, os EVs serão construídos na Itália, com alguma participação de empresas do Reino Unido no conjunto motriz. Velocidade máxima de 190 km/h, 0 a 100 km/h em 3,5 segundos e mais de 480 quilômetros de alcance de uma bateria de 100 kWh. Carros construídos após as 88 unidades iniciais serão permitidos nas ruas; veremos se a estratégia de carros apenas para a pistas e com NFT sobreviverá ao IPO.

(Divulgação)
(Divulgação)

DeLorean Alpha V

Se os planos de financiamento e construção se concretizarem, o EV será seguido por vários outros modelos DeLorean, incluindo um carro esportivo com motor V8 e um SUV movido a hidrogênio, entre outros. Mas, por enquanto, o próximo DeLorean EV está olhando para o futuro enquanto homenageia o passado: portas asa de gaivota, persianas traseiras e o icônico acabamento metálico? Sim, sim e sim. Capacitor de fluxo? Nenhuma palavra sobre isso, mas é um easter egg que eles seriam sábios em integrar de alguma forma, seja física ou digitalmente. Apenas fique longe de estacionamentos vazios à noite.

Compartilhe esta publicação: