Volkswagen diz que carros elétricos serão lucrativos como motores a combustão

A Volkswagen esperava igualar suas margens de lucro de veículos com motor de combustão com vendas de veículos elétricos em dois a três anos.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Matthias Rietschel/Reuters
Matthias Rietschel/Reuters

CEO da Volkswagen, Herbert Diess

Acessibilidade


A Volkswagen espera que seu negócio de veículos elétricos seja tão lucrativo quanto o de seus carros movidos a combustível fóssil antes do planejado, disse seu presidente-executivo, Herbert Diess, hoje (12).

Antes, a Volkswagen esperava igualar suas margens de lucro de veículos com motor de combustão com vendas de veículos elétricos em dois a três anos, mas a montadora está numa posição robusta para fazê-lo mais cedo, disse Diess.

“Esperamos que o negócio de mobilidade elétrica seja tão lucrativo quanto o negócio de motores de combustão antes do planejado”, disse Diess, falando na reunião anual de acionistas.

A Volkswagen entregou cerca de 452 mil veículos elétricos globalmente no ano passado e pretende que metade de sua produção global seja totalmente elétrica até 2030. A empresa planeja fabricar 800 mil carros totalmente elétricos em todo o mundo neste ano e 1,3 milhão em 2023, informou na quinta-feira.

Diess também disse entender que o momento é ideal para uma oferta inicial de ações (IPO) da montadora de carros esportivos Porsche, planejada para o quarto trimestre deste ano. A decisão final sobre se a Porsche entrará na Fórmula 1 ainda está pendente, disse o chefe da montadora, Oliver Blume.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: