Como é o novo elétrico da Cadillac, que mira em Bentley e Rolls-Royce

De acordo com a marca, o Celestiq terá mais peças impressas em 3D do que qualquer produto da GM até o momento.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Foto: divulgação
Foto: divulgação

Cadillac Celestiq

Acessibilidade


Constituída sob a égide dos motores V8, a Cadillac terá como novo principal produto um elétrico. Batizado de Celestiq e baseado na nova plataforma da General Motors (dona da marca de luxo fundada em 1902) para carros eletrificados, a Ultium, aponta sua mira para os similares de Bentley e Rolls-Royce.

O carro revelado na última sexta-feira (22) é oficialmente um conceito, mas estima-se que a versão de produção – prevista para 2024 como modelo 2025 – será bem semelhante. Rumores indicam que partirá de aproximadamente US$ 300 mil.

Leia mais: 5 maneiras de carros autônomos remodelarem nosso mundo

Para justificar o preço e a pretensão de peitar as duas marcas inglesas mais luxuosas do mundo, o Celestiq traz tecnologias sofisticadas, como um teto de vidro de quatro painéis que permitirá que o motorista e os passageiros definam individualmente o nível de transparência. Há também uma tela de 55 polegadas que pode ser parcialmente escurecida, a fim de evitar distrações do motorista.

Foto: divulgação
Foto: divulgação

Cadillac Celestiq

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Autônomo e amplamente customizável, o Celestiq é uma aposta alta da General Motors, que destinou ao projeto um investimento de US$ 81 milhões. A Cadillac afirma que o Celestiq terá mais peças impressas em 3D (estruturais e estéticas) do que qualquer produto da GM até o momento.

Foto: divulgação
Foto: divulgação

Cadillac Celestiq

Ainda assim, será um dos modelos mais exclusivos da marca, que produzirá menos de 500 unidades por ano do seu novo flagship.

Foto: divulgação
Foto: divulgação

Cadillac Celestiq

Compartilhe esta publicação: