Moderna espera divulgar dados sobre vacina contra Covid-19 no mês que vem

Comitê independente de monitoramento deve conduzir em novembro uma análise preliminar dos ensaios que estão sendo feitos com 30 mil voluntários.

Blog da Redação
Compartilhe esta publicação:
Douglas Sacha/Getty Images
Douglas Sacha/Getty Images

A Moderna disse que espera que os dados de segurança de dois meses saiam na segunda metade de novembro

Acessibilidade


A Moderna Inc, uma das pioneiras da corrida para desenvolver uma vacina contra o novo coronavírus, disse hoje (29) que caminha para divulgar os dados sobre os testes em estágio avançado em humanos de sua candidata a imunizante no mês que vem.

A empresa sediada em Cambridge, no Estado norte-americano de Massachusetts, disse que o comitê independente de monitoramento de dados deve conduzir em novembro uma análise preliminar dos testes que estão sendo feitos com 30 mil voluntários.

LEIA MAIS: Anvisa autoriza importação de matéria-prima para fabricação da CoronaVac pelo Butantan

A Moderna disse que espera que os dados de segurança de dois meses, exigidos pelo órgão regulador dos Estados Unidos, saiam na segunda metade de novembro. Após isso, a empresa pedirá autorização para uso emergencial de sua vacina.

A empresa também afirmou que está preparando o lançamento de sua vacina experimental e que já recebeu US$ 1,1 bilhão de recursos para fornecê-la. Já foram assinados acordos com o governo dos Estados Unidos e de vários outros países, e há conversas com um grupo liderado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para suprir a vacina.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A Moderna, que ainda não tem nenhum produto aprovado no mercado, é uma de um punhado de empresas realizando os testes em estágio avançado de uma potencial vacina, assim como grandes farmacêuticas como Johnson & Johnson e Pfizer.

“Acredito que, se lançarmos nossa vacina contra Covid-19, 2021 pode ser o ano de inflexão mais importante da história da Moderna”, disse o executivo-chefe da empresa, Stéphane Bancel.

A companhia disse estar negociando com o mecanismo Covax, que tem apoio da OMS, uma proposta de preço escalonado para sua vacina. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: