Primeiras vacinações de Covid na UE podem ocorrer neste ano, diz chefe de comissão

Francisco Seco/Pool via Reuters
Francisco Seco/Pool via Reuters

“É provável que os primeiros europeus sejam vacinados antes do fim de 2020”, tuitou Ursula von der Leyen

Os países da União Europeia podem começar as vacinações contra o coronavírus ainda neste ano, disse a chefe da Comissão Europeia hoje (15).

O anúncio veio na esteira da decisão da agência reguladora da UE de adiantar sua possível aprovação da vacina contra coronavírus da Pfizer/BioNTech para 21 de dezembro.

LEIA MAIS: Nova linhagem de coronavírus no Reino Unido tem mutações essenciais, dizem cientistas

“É provável que os primeiros europeus sejam vacinados antes do fim de 2020”, tuitou Ursula von der Leyen após uma decisão da Agência Europeia de Medicamentos (EMA) de realizar uma reunião extraordinária sobre a vacina da Pfizer oito dias antes da data planejada inicialmente de 29 de dezembro.

Após a possível aprovação da agência reguladora do bloco, a Comissão Europeia deve aprovar a vacina da Pfizer formalmente dentro de três dias após consultas com os 27 governos da UE.

As decisões da comissão sobre aprovações de remédios costumam seguir as recomendações da EMA. A aprovação da vacina da Pfizer por parte da comissão é considerada uma formalidade se a EMA emitir uma recomendação positiva.

Os países da UE podem iniciar vacinações imediatamente após uma aprovação formal da Comissão Europeia. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).