Fórmula 1 adia GP da Austrália e corrida na China é incerta

Tracey Nearmy/Reuters
Tracey Nearmy/Reuters

O Grande Prêmio da Austrália de Fórmula 1 será no dia 21 de novembro

A Fórmula 1 adiou hoje (12) o Grande Prêmio da Austrália de março para novembro, Bahrein vai abrir a temporada e a corrida da China está pendente, com a Covid-19 forçando o esporte a reprogramar o calendário de 2021.

O circuito italiano de Ímola foi adicionado ao cronograma recorde de 23 provas como a segunda corrida, em 18 de abril, depois do Bahrein em 28 de março.

LEIA MAIS: Anvisa inicia análise de dados de Butantan e Fiocruz para uso emergencial de vacinas

A terceira corrida, em 2 de maio, ainda não foi confirmada, mas deverá ser preenchida pelo circuito português do Algarve, que estreou no ano passado.

A Austrália recebeu uma nova data, 21 de novembro, em lugar do que normalmente seria a abertura da temporada em Melbourne.

A corrida da China em Xangai foi adiada devido a restrições de viagens que impossibilitam o agendamento de uma data.

Embora não listada no cronograma revisado, a Fórmula 1 indicou que a China seria alocada se as circunstâncias permitissem e outra corrida seria retirada. O calendário não vai além de 23 corridas.

“Temos o prazer de confirmar que o número de corridas planejado para a temporada permanece inalterado”, disse o novo presidente-executivo da Fórmula 1, Stefano Domenicali, em comunicado.

As provas australiana e chinesa foram canceladas no ano passado, quando a pandemia destruiu o calendário esportivo, com a temporada reduzida para 17 grandes prêmios na Europa e no Oriente Médio. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).