Ministério da Saúde assina acordo com Butantan por 100 milhões de doses da CoronaVac

Unidades serão incorporadas no programa nacional de imunização.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Reuters/Amanda Perobelli
Reuters/Amanda Perobelli

Segundo Pazuello, o custo para se vacinar cada pessoa com duas doses da vacina é de US$ 21

Acessibilidade


O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, anunciou hoje (7) que a pasta assinou contrato para a aquisição de 100 milhões de doses da vacina CoronaVac a serem produzidas pelo Instituto Butantan, que serão incorporadas no programa nacional de imunização.

Pazuello afirmou que foi possível assinar o acordo com o instituto ligado ao governo paulista devido a uma medida provisória editada na véspera pelo presidente Jair Bolsonaro.

LEIA MAIS: CoronaVac tem eficácia de 78% na prevenção da Covid-19 em estudos no Brasil

Segundo ele, o custo para se vacinar cada pessoa com duas doses da vacina é de US$ 21.

O Butantan anunciou mais cedo hoje que a CoronaVac, que é desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac, tem eficácia de 78% na prevenção da Covid-19, e disse que formalizará até amanhã (8) o pedido de uso emergencial da vacina junto à Anvisa. (Com Reuters)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: