AstraZeneca pode ter vacina contra variante de Covid-19 até o final de 2021

Funcionária da farmacêutica afirma que os estudos que indicam que o imunizante seria menos eficaz contra cepa mais infecciosa são "pequenos demais para tirar conclusões finais".

Redação
Compartilhe esta publicação:
Ueslei Marcelino/Reuters
Ueslei Marcelino/Reuters

Sarah Walters afirmou que AstraZeneca e a Oxford iniciaram modificações na vacina para a variante sul-africana

Acessibilidade


Uma versão modificada da vacina contra a Codiv-19 da AstraZeneca, desenvolvida para combater uma variante do coronavírus documentada pela primeira vez na África do Sul, pode estar pronta no final de 2021, disse uma funcionária da AstraZeneca na Áustria, em uma entrevista publicada hoje (18).

Sarah Walters, gerente nacional da AstraZeneca na Áustria, disse ao jornal “Kurier” que os estudos que indicam que a vacina AstraZeneca existente seria menos eficaz contra a variante mais infecciosa são “pequenos demais para tirar conclusões finais”.

LEIA MAIS: ONU anuncia antecipação de 4 milhões de doses de vacinas contra Covid ao Brasil

“Nesse ínterim, a AstraZeneca e a Universidade de Oxford iniciaram modificações na vacina para a variante sul-africana e esperamos que esteja pronta até o final do ano, caso seja necessário”, disse Sarah ao “Kurier”. (Com Reuters)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: