Comissão da Câmara aprova projeto que legaliza o cultivo de cannabis para fins medicinais no Brasil

Com 17 votos favoráveis e 17 contrários, votação foi desempatada pelo relator, o deputado Luciano Ducci (PSB-PR)

Redação
Compartilhe esta publicação:
Adriano Machado/Reuters
Adriano Machado/Reuters

Com 17 votos favoráveis e 17 contrários, votação foi desempatada pelo relator, o deputado Luciano Ducci (PSB-PR)

Acessibilidade


Uma comissão especial da Câmara dos Deputados aprovou hoje (08) projeto de lei para legalizar o cultivo no Brasil, exclusivamente para fins medicinais, veterinários, científicos e industriais, da Cannabis sativa, planta também usada para produzir maconha.

Em uma votação apertada, que estava 17 votos favoráveis e 17 contrários, coube ao relator, deputado Luciano Ducci (PSB-PR), dar o voto de desempate em favor da proposta.

LEIA MAIS: Agência dos EUA aprova remédio da Biogen contra Alzheimer em “grande dia”

A discussão da proposta tem gerado forte polêmica, tendo oposição de parlamentares simpáticos ao presidente Jair Bolsonaro e de setores evangélicos.

Mais cedo, ao comentar a análise da proposta, Bolsonaro disse que não há necessidade de permitir o plantio e provocou os petistas, dizendo que maconha seria plantada no Palácio da Alvorada caso o PT volte ao poder em 2022.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O projeto tramita de forma conclusiva, previsão regimental que poderia levá-lo diretamente para o Senado se não houver recurso para votação pelo plenário da Câmara. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: