Onda de Covid-19 na Alemanha diminui e regiões começam a flexibilizar restrições

Dados indicam que a quarta onda no país pode em breve se estabilizar.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Thilo Schmuelgen/Reuters
Thilo Schmuelgen/Reuters

Covid-19 diminui na Alemanha e restrições podem ser flexibilizadas

Acessibilidade


A alta no número de infecções diárias pela Covid-19 na Alemanha está diminuindo, mostraram dados do Instituto Robert Koch hoje, indicando que a quarta onda da pandemia no país pode em breve se estabilizar.

A Alemanha registrou 247.862 novos casos diários de coronavírus hoje, um aumento de 5% em relação há uma semana. A incidência de infecção em sete dias a cada 100 mil pessoas também subiu para 1.465, contra 1.451 na véspera.

A taxa ajustada de hospitalizações na Alemanha teve leve alta para 10,96 a cada 100 mil pessoas, ante 10,88 no dia anterior.

No mês passado, o ministro da Saúde alemão disse que a onda de coronavírus na Alemanha deve atingir seu pico em meados de fevereiro. A estabilização do número de casos significa que o país pode começar a discutir a flexibilização de suas medidas restritivas em combate à Covid-19.

Vários estados federais da Alemanha já anunciaram o afrouxamento das restrições, conforme os temores de pressão da variante ômicron do coronavírus sobre o sistema de saúde cessam.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: